segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Fla vira sobre Vasco em jogo de arbitragem polêmica

Por William Amaral

Flu goleia com dois de Walter e Bota vira no fim

Arbitragem decidiu. No primeiro Flamengo x Vasco desde a volta do Maracanã, quem se destacou no jogo, infelizmente, foi a arbitragem, que ajudou o time rubro-negro a sair com a vitória.

Os pouco mais de 13 mil pagantes assistiram o Vasco mandar no jogo desde o início. Logo aos 11, o estreante Douglas cobrou falta no travessão, a bola ainda quicou dentro do gol e saiu. O árbitro e seus assistentes ignoraram o gol vascaíno e o placar seguiu no zero. O novo camisa 10 vascaíno, Douglas, parecia querer recuperar o tempo em que estava no banco do Corinthians e mandava no jogo. Aos 36, ele tabelou com Everton Costa e cruzou rasteiro para Fellipe Bastos bater e abrir o placar. A alegria cruzmaltina durou pouco. Três minutos depois, Elano cobrou falta e viu o goleiro Martin Silva espalmar para fora, mas a arbitragem entendeu que a bola havia cruzado a linha e validou o gol. Ao fim do primeiro tempo, os jogadores vascaínos cercaram a arbitragem, que precisou de ajuda policial para ir ao vestiário. Na segunda etapa, o Vasco voltou a comandar as ações, mas as duas equipes criaram pouco. Quando o jogo se encaminhava para o empate, Gabriel apareceu para definir. Aos 44, ele arrancou pela direita, tentou passe pelo meio, mas viu a bola bater na defesa vascaína e voltar em seus pés. De esquerda, ele bateu rasteiro, contou com desvio de Guiñazu e assistiu a bola bater na trave e entrar, de mansinho, no gol de Martín Silva. Com a vitória, o Fla se manteve na 2ª colocação, com 19 pontos, enquanto o Vasco caiu para 4º, com 15.

Fome de gol. Recebendo o Boavista no Maracanã e com um público maior que o clássico dos milhões, o Fluzão goleou o time de saquarema no sábado, com direito a dois gols de Walter, que entrou no segundo tempo. Apesar de mandar na partida, foi o Flu quem sofreu o primeiro gol do jogo. Aos 25, Jean saiu jogando errado e o contragolpe terminou na cabeçada fulminante de Gilcimar. Pressionando, o Fluzão conseguiu um pênalti aos 39. Fred bateu e acertou a trave, mantendo uma seca de gols que já dura 6 meses. Quatro minutos depois, Sóbis carregou pela direita e cruzou para a área. A bola passou por Fred e encontrou Conca, que testou forte para empatar. Na segunda etapa, o Tricolor voltou ainda mais forte e Fred perdia muitos gols. Aos 18, Carlinhos recebeu ótimo passe de Conca e ajeitou para Sóbis, que bateu rasteiro para virar o placar. Na sequencia, o Boavista pressionou e chegou a acertar o travessão de Cavalieri. Nesse meio tempo, Walter entrou no lugar de Sóbis para resolver. Aos 36, Carlinhos tabelou com Conca, mas concluiu tão mal, que a finalização acabou sendo um cruzamento para Walter, que testou e fez o terceiro. O gordinho continuou com fome de gol e aos 45, aproveitou assistência de Wagner para empurrar para o fundo das redes. Foi só. O Fluzão segue na liderança com 19 pontos.

Virada no fim. O Botafogo foi à Volta Redonda enfrentar o Duque de Caxias e sofreu para conseguir os três pontos. Com os titulares, o Fogão começou mal e sofreu um gol logo com um minuto de jogo, mas que foi erroneamente anulado pela arbitragem. Depois do susto inicial, o Bota passou a dominar as ações, mas não conseguia criar boas oportunidades. A segunda etapa veio e o panorama seguiu o mesmo, até que aos 33, Leandro Teixeira chutou cruzado, Dankler tentou afastar e viu a bola bater em Dória e entrar. A inferioridade no placar acordou a equipe alvinegra, que foi pra cima e conseguiu o empate quatro minutos depois, em boa tabela de Jorge Wagner e Bolatti, que terminou na conclusão de Ferreyra. Aos 44, Júlio César deu ótimo passe para Ferreyra, que driblou o goleiro e sofreu pênalti. Na cobrança, Jorge Wagner fez o gol que garantiu os três pontos para o Fogão. Com o resultado, o time de Eduardo Húngaro chega aos 11 pontos e ocupa a 8ª posição.





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.