quinta-feira, 6 de março de 2014

Flu goleia, Fla e Vasco também vencem com tranquilidade

Por William Amaral

Brasil goleia em estádio que virou “legado” na África do Sul
  
Goleada. O Fluminense enfrentou o Friburguense no Maracanã e deu show para os pouco mais de 7 mil pagantes. Com Walter e Conca em noite inspirada, a tarefa ficou fácil para o Fluzão, que abriu o placar, aos 12, com o gordinho artilheiro, que aproveitou rebote dentro da área. Oito minutos depois, Walter acertou o pé da trave e viu a bola sobrar para Conca, que ampliou. Aos 24, Bruno arrancou do meio-campo, passou por vários adversários e tocou na saída do goleiro. Golaço. Aos 45, Rômulo diminuiu para o time de Friburgo, em um belo chute de fora da área. O segundo tempo começou em ritmo alucinante e com 5 minutos, o Flu já tinha posto duas bolas no travessão. O Tricolor seguiu bem superior ao adversário e ampliou aos 37, com um belo chute de Wagner de fora da área. Aos 43, Marcos Júnior fez jogada individual e marcou mais um. Após o fácil passeio, o Fluminense se manteve na 2ª colocação, com 26 pontos.

Tranquilo na liderança. O Flamengo enfrentou o Bonsucesso diante de 375 pagantes e não teve problemas para passar pelo frágil adversário. Em um primeiro tempo morno, sem grandes destaques individuais, o Mengão chegou perto do gol em cabeçada de Gabriel após sobra de bola aérea, no mais o time de Jayme de Almeida mostrou uma certa acomodação em campo. Na segunda etapa, a equipe melhorou, principalmente, após as entradas de Negueba e Nixon, que embora não tenham dado um ganho técnico, mostraram mais disposição dos que os substituídos Gabriel e Everton. Aos 26, Nixon cruzou rasteiro da esquerda, a bola resvalou na zaga e sobrou limpa para Alecsandro só tocar para o gol vazio. Quatro minutos depois, Nixon recebeu de Alecsandro dentro da área e bateu firme para ampliar e dar tranqüilidade ao Fla, que passou a valorizar a posse de bola e administrar o placar. Com o resultado, o Mengão foi a 31 pontos e segue na liderança do campeonato.

Vitória e G-4 quase garantido. O Vasco derrotou o Resende em São Januário e ficou muito perto de assegurar uma vaga nas semifinais do Carioca. Melhor desde o início, o Gigante da Colina não criou chances claras durante o primeiro tempo, assustando em chutes de longe do paraguaio Aranda e em chute de Reginaldo, que carimbou o travessão. O intervalo já estava próximo quando Diego Renan cruzou da esquerda e Edmilson escorou para abrir o placar. No segundo tempo, o Vasco seguiu melhor e ampliou aos 19, Com André Rocha, que conseguiu colocar a bola pra dentro, com toque de cotovelo, após ser agarrado pelo adversário. Com tranqüilidade o time cruzmaltino chegou perto de ampliar com Bernardo, mas ficou nisso. O Vascão foi a 24 pontos e subiu para 3º provisoriamente. A Cabofriense joga hoje e pode retomar o lugar.

Bateu em bêbado. A seleção brasileira atropelou a África do Sul, no Soccer City, e, sem dificuldades, fez cinco gols, sem levar sustos na defesa. O principal destaque do time foi Neymar, autor de três gols. Os outros tentos foram anotados por Oscar e Fernandinho. Fred não marcou, mas deu belo passe no segundo gol do camisa 10 brasileiro. O ponto negativo foi a demora para a chegada da maioria dos torcedores que foram assistir ao jogo. Somente no segundo tempo, o estádio tinha um público aceitável para uma partida do Brasil. O “legado muito bom” dito por Galvão Bueno na transmissão da TV Globo foi a construção de estradas no entorno do estádio, que garantiu um longo engarrafamento para a chegada ao local. Transporte de massa? Nem pensar. O Brasil segue pelo mesmo caminho.







0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.