sexta-feira, 7 de março de 2014

Maricá: guarda municipal deixa carro em local proibido e vai às compras

Leitor do ITAIPUAÇU SITE registrou veículo estacionado em local proibido na Rua Domício da Gama


Uma cena vergonhosa foi flagrada por um leitor do ITAIPUAÇU SITE na manhã da última quarta-feira de cinzas, em Maricá (RJ). Por volta das 08h30 um guarda municipal estacionou o seu veiculo, um FIAT UNO PLACA GYM 0845, em local proibido, em frente a um ponto de ônibus situado na Rua Domicio da Gama, altura no nº 302 e o deixou lá, por cerca de longos 30 minutos, enquanto fazia compras em uma loja de auto peças do outro lado da rua.

Segundo a Guarda Municipal de Maricá, "embora o Código de Trânsito Brasileiro autorize a livre circulação, parada e estacionamento das viaturas em casos de serviço de emergência, os agentes são orientados a seguir todas as normas de circulação e conduta estabelecidas pelo CTB, evitando, quando possível, parar ou estacionar em locais proibidos".

Ainda de acordo com a GM, "esse tipo de estacionamento comumente só acontece em último caso, quando há a urgência de se atender a uma demanda e não há vagas regulares disponíveis". No entanto, o veículo flagrado na foto, não era da GM. O guarda usou um veículo particular para infringir a lei. Confira na sequencia de fotos a seguir:








3 comentários:

Anônimo disse...

Estacionou no ponto de ônibus o que é infração prevista no Código de Trânsito e deu mau exemplo, pois é servidor público, (o boné branco sugere que ele atue na fiscalização do trânsito). Comparado aos atos de improbridade do Prefeitinho pato, ele poderia ser considerado um quase santo.

Anônimo disse...

O guarda é cidadão brasileiro, logo acha que pode fazer tudo, afinal estamos numa democracia e democracia é fazer tudo que a pessoa acha que deve fazer. Logo a frente da pra ver alguns carros parados sobre a calçada, donde se concluí que ninguém respeita lei de transito na cidade. Se for perguntar pra ele, é capaz de ouvir um "voce sabe com quem tá falando"?
Pior é ter que ler a nota da GM. Alguém precisa avisar esse pessoal aí da GM que eles são funcionários públicos, recebem salário a partir dos impostos pagos pela população. Político é cargo eletivo, funcionário público teoricamente fez concurso público (deveria) e está sujeito a código de conduta e disciplinar. Se na cidade tivesse vereadores, no mínimo algum deles teria que se interessar pelo assunto e cobrar resposta do comandante da GM. E na verdade não seria nada demais admitir que o guarda errou, foi punido administrativamente de acordo com a lei e estaria tudo resolvido. O problema é quando alguns acham que são melhores do que os outros.
Sugiro voces corrigirem a placa que está na reportagem, o correto é GYM 4805

Paulo de azeredo ribeiro disse...

Desculpe informar a vcs mas aquele ponto de ônibus já eata desativado há um bom tempo pois os ônibus tem o itinerário pela av nsra do amparo e por falta de material a sec Tran ainda não retirou essa placa desculpe a tdos

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.