segunda-feira, 28 de abril de 2014

Flu bate Palmeiras e lidera o BR-14. Fla perde para Corinthians

Por William Amaral

Botafogo empata com Inter e Vasco perde na Série B
   
Ótimo começo. O Fluminense foi ao Pacaembu e voltou com uma vitória tranquila sobre o Palmeiras. O Tricolor tem agora 6 pontos em dois jogos. Superior desde o início e contando com ótima atuação de Conca, o Fluminense criou ótimas chances no primeiro tempo e só não abriu maior vantagem por conta da boa atuação de Fernando Prass. Aos 44, não teve jeito. Conca deu ótimo passe para Fred, que foi quase à linha de fundo e tocou para Sóbis chegar batendo e abrir o marcador. Na segunda etapa, o Tricolor diminuiu o ritmo, mas seguiu mais perigoso que a equipe paulista. Fred por pouco não ampliou em jogada de Wagner. No último lance, Wendel ainda desperdiçou a única e boa chance do Palmeiras no jogo. Vitória fácil de um time que mostra que brigará na parte de cima em 2014.

Ufa. Recebendo o Internacional, o Botafogo começou perdendo, mas conseguiu reagir no segundo tempo, com boa atuação do estreante Emerson Sheik, e empatou o jogo. Melhor no início, o visitante quase abriu o placar em, bola parada logo aos 3. Quatro minutos depois, Aránguiz recebeu pela direita, deu belo corte em Júlio César e cruzou para Rafael Moura, livre, marcar de cabeça. Buscando a reação, o Fogão foi pra cima e perdeu uma chance incrível em conclusão de Lucas. Aos 35, Valdívia cruzou rasteiro e Rafael Moura marcou o segundo gol colorado. Na segunda etapa, o Botafogo veio com duas alterações. Saíram Júlio César e Jorge Wagner e entraram Júnior César e Daniel. O time melhorou. Aos 13, Jefferson salvou conclusão de Juan após cobrança de falta de D’Alessandro. Aos 18, Lucas recebeu lançamento em profundidade e cruzou para Emerson, que contou com péssima saída de Dida e passividade de Juan para diminuir o placar de cabeça. O jogo ficou mais aberto, com o Inter tendo chances de ampliar, mas quem marcou foi o Bota. Aos 29, Emerson cruzou da direita e Zeballos completou com uma voadora para empatar em mais uma falha da zaga colorada. Faltou fôlego às equipes para buscar a vitória e o placar terminou mesmo em 2 a 2.

Resultado ruim. Enfrentando o Corinthians no Pacaembu, o Flamengo foi presa fácil para o Corinthians, que contou com uma ajuda do árbitro Leandro Vuaden. Logo aos 10, após sobra em cobrança de escanteio, Guerreiro aproveitou que André Santos dormiu na marcação e abriu o placar. O Timão seguiu melhor, enquanto o Flamengo não mostrava qualquer criatividade. Aos 42, Léo Moura deu um carrinho lateral e foi indevidamente expulso, quando merecia só o amarelo. Na segunda etapa, o domínio corintiano, que era esperado, acabou. Aos 2, Fábio Santos mandou no travessão de Felipe e apartir daí, só de Mengão. Aos 14,  Nixon desperdiçou chance incrível, furando ótimo cruzamento rasteiro de André Santos. Logo depois, um cabeceio de Mugni parou em Cássio. O goleiro também salvou conclusão desviada de Luiz Antônio. O empate parecia estar mais próximo, mas aos 34, Fábio Santos ganhou de Márcio Araújo na corrida, cruzou rasteiro e o zagueiro Gil completou para o gol. Não restaram forças para o Flamengo reagir e o resultado ficou em 2 a 0 para o time paulista.

Começo difícil. O Vasco foi à Arena Pantanal enfrentar o desconhecido Luverdense e voltou com uma merecida derrota. Aos 11, Montoya recebeu livre, driblou o goleiro e quando poderia chutar para o gol vazio, resolveu dar mais um drible. Depois acabou batendo na rede pelo lado de fora. O castigo chegou dez minutos depois. Raul Prata fez uma linda jogada, passou por vários marcadores e bateu rasteiro. Diogo Silva espalmou e a bola sobrou para Reinaldo, ex-Flamengo, empurrar para o gol. Aos 30, Douglas acertou o travessão. O Luverdense por pouco não ampliou ainda na primeira etapa, mas o segundo do time da casa ficou para o segundo tempo. Aos 10, Misael caiu na área e o árbitro assinalou pênalti. Rubinho bateu e fez. Aos 25, o Vasco diminuiu. Yago aproveitou passe errado da zaga do Luverdense e mandou um belo chute de fora da área, sem chances para o goleiro. Diego Renan quase empatou, mas mandou na trave. O jogo foi de bom nível, mas o Vasco mostrou muitas deficiências e mereceu a derrota.



0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.