quarta-feira, 9 de abril de 2014

Novo Maracanã afasta público e tira lucro dos clubes

Por William Amaral

Porcentagem dos clubes na renda foi de 70 para menos de 40%

Previsível. O estádio preferido dos cariocas não vem sendo o melhor estádio para os clubes. O Maracanã, que foi privatizado, agora necessita gerar lucro para os seus novos donos. Dessa forma, parta das rendas dos jogos são abocanhadas pelo Consórcio Maracanã SA.

No primeiro jogo da final do Carioca-2014, domingo passado, Flamengo e Vasco lucraram, juntos, R$ 383 mil, em uma renda bruta de R$ 1.324.300,00. Para efeito de comparação, na final da Taça Rio-2010, último carioca disputado no antigo Maracanã, Flamengo e Botafogo levaram R$1.037.756,00 dos R$1.677.585,00 da renda bruta. Só de aluguel de estádio, o Consórcio mordeu R$ 255 mil, despesa inexistente nos anos em que o Governo administrava o estádio. Ingressos caros, público pequeno e lucro mínimo marcaram o primeiro Campeonato Carioca do novo Maracanã, que foi privatizado com o único interesse de beneficiar empresários.

Primeiro eliminado. De nada adiantou o Imperador voltar a marcar após mais de 700 dias. O Atlético-PR perdeu para o The Strongest-BOL e foi o primeiro brasileiro eliminado na Libertadores. O Furacão foi derrotado por 2 a 1 e sucumbiu na altitude.






0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.