Em Maricá, dinheiro público é surrupiado descaradamente, segundo o JOM

A descarada captação de recursos para a campanha da mulher do prefeito de Maricá à deputada estadual nas próximas eleições em outubro já está acontecendo a pleno vapor.

Não bastassem os já manjados superfaturamentos com contratações de artistas para os corriqueiros eventos musicais durante todo o ano pela cidade, tais como o "samba de boteco", entre outros, um dos últimos atos do executivo, segundo o JOM (Jornal Oficial de Maricá) nº 448, foi a contratação de 95 fotógrafos por R$ 98.800,00 e, pasmem, 104 apresentadores por R$ 182 mil. Toda essa bandalheira foi aprovada pelos vereadores, diga-se de passagem, unanimemente.

"Moramos em uma cidade tão festeira, mas tão festeira, que tem mais apresentadores de shows do que médicos ou policiais", observa o fotógrafo e jornalista Marco Bechkert em sua página na rede social Facebook.

Ainda de acordo com o mesmo JOM, foram contratados 508 guias de turismo, 96 palestrantes, 140 jurados, 35 mestres de cerimônia, 78 intérpretes, 86 tradutores, 180 coordenadores de produção, 294 gerentes de produção, 272 auxiliares de produção, 1868 auxiliares de serviços gerais, 1222 carregadores, 190 recepcionistas, 380 promotoras, 371 produtores, além de aluguéis de equipamentos ao custo de 3 milhões de reais, num total de gastos do erário público na ordem de R$ 8.574.018,00 (OITO MILHÕES, QUINHENTOS E SETENTA E QUATRO MIL E DEZOITO REAIS). Com a palavra, o Ministério Público.





Previous
Next Post »

4 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment