quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Bota tem 2 expulsos, sofre virada e entra no Z-4

Por William Amaral

Flu perde também de virada e Fla empata fora

Sheik elogiando o árbitro.
Se complicou. O Botafogo recebeu o Bahia no Maracanã e vencia a partida até Ramirez e Emerson serem expulsos. Com dois a menos, o Fogão sofreu a virada.

Após um início morno, o Bota chegou ao primeiro gol aos 30 minutos. Ramirez cruzou da esquerda e Sheik entrou de peixinho para abrir o placar. Um minuto depois, em bola fácil de ser cortada, Dankler acabou jogando contra o pr´prio gol e propiciou o empate baiano. Aos 40, Zeballos chutou, Marcelo Lomba espalmou e a bola explodiu no braço do zagueiro Rallan. O árbitro interpretou como intencional e marcou pênalti, que Emerson cobrou e anotou. Na segunda etapa, o jogo pegou fogo. Aos 10, Emerson sofreu falta e ao reclamar, levou o primeiro cartão amarelo. O atacante, então, mandou um recado para as câmeras: “CBF, é pra você”, se referindo ao cartão por reclamação. Dois minutos depois, Ramirez acertou cotovelada em Uélliton e foi expulso diretamente. Aos 14, Emerson disputou bola com o mesmo Uélliton e levou o segundo amarelo por uma suposta entrada desleal, onde os dois entraram com a mesma intensidade, visando a bola. Sheik deixou o campo e mandou outro recado às câmeras: “CBF, você é uma vergonha”. O camisa 7 do Fogão está certo, porém o time sofreu depois de sua saída. Aos 28, Maxi Biancucchi bateu de dentro da área e acertou o ângulo para empatar. Aos 45, Branquinho recebeu dentro da área e bateu rasteiro para virar o placar. Após o fim da partida, o lateral Júlio César foi expulso por reclamação. Com o revés, o Bota entrou na Zona de Rebaixamento, ocupando a 17ª colocação, com 22 pontos.

Vacilou. O Flamengo foi ao Pacaembu enfrentar o Palmeiras e vencia, mais uma vez, com auxílio da arbitragem por 2 a 0, mas relaxou e permitiu o empate da equipe paulista. Aos 12, João Paulo cruzou mal, o lateral Juninho ficaria com a bola, mas se enrolou ao dominá-la e deixou Canteros na cara do gol. O volante ainda driblou um zagueiro antes de bater para abrir o marcador. Aos 31, Léo Moura lançou Eduardo da Silva na grande área. O goleiro Deola saiu muito mal de carrinho e a bola subiu. Eduardo usou a mão para matar a bola e cruzou para Alecsandro testar pra ao gol vazio. Muita reclamação dos palmeirenses, que ainda viram um pênalti de João Paulo sobre o centroavante Henrique ser ignorado pelo juiz. Na segunda etapa, Valdívia entrou no Palmeiras e mudou o jogo. Aos 2, Lúcio deu chutão na zaga, os defensores rubro-negros ficaram perdidos e Diogo aproveitou para diminuir o placar. A pressão palmeirense se intensificou e aos 23, Valdívia deu ótimo passe para Victor Luís, que fuzilou Paulo Victor e empatou. Aos 36, o chileno pisou em Amaral e foi expulso. Com um a mais, o Fla chegou muito perto da vitória em chute de longe de Alecsandro, que pegou na trave, e em conclusão de Elton, tirada por Lúcio em cima da linha. Com o empate, o Mengão foi a 29 pontos e segue na 10ª posição.

Que mole! O Flu foi a Salvador enfrentar o Vitória e vencia o time da casa com facilidade até que dormiu no ponto, levou 3 gols em dez minutos e voltou com a derrota. O Fluzão abriu o placar aos 18, após Cícero completar cruzamento de Conca. Veio o segundo tempo e o Flu desperdiçou boas chances de aumentar o placar. Resultado: aos 21, Dinei aproveitou cobrança de escanteio e testou para empatar. Quatro minutos depois, William Henrique, livre, recebeu cruzamento da direita e virou o marcador. Aos 30, Vinicius arrancou em contra-ataque, ganhou de Bruno no corpo e bateu rasteiro, decretando a vitória do time da casa. O Flu segue com 35 pontos e está na 5ª posição, podendo ser ultrapassado pelo Grêmio, que joga hoje.





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.