quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Com gol no fim, Flu vence e se aproxima do G-4

Por William Amaral

Botafogo perde fora e segue calvário. Fla vence no Maracanã

Novo fôlego. Em confronto direto pelo G-4, o Fluminense venceu o Santos com gol de Edson no fim e ganhou novo gás na luta pela Libertadores-2015.

Em um início quente, o Santos quase abriu o placar logo no primeiro minuto, com Gabriel. O Peixe ainda teria outras grandes oportunidades para marcar, com o mesmo Gabriel e com Rildo, mas ambos desperdiçaram. Melhor posicionado, o Flu equilibrou as ações no segundo tempo, mas faltava aquele algo a mais para que uma das equipes balançassem as redes. E isso só foi acontecer aos 45 minutos. Em pressão tricolor, Chiquinho recebeu na esquerda e cruzou rasteiro para Edson, que veio em disparada de fora da área e chegou antes da zaga santista para desviar e definir o resultado do jogo. O Flu tem agora 48 pontos e está na 7ª posição.

Calvário. Visitando o Coritiba, o Botafogo perdeu um jogo fundamental na luta contra o rebaixamento e a queda parece iminente ao time da estrela solitária. O jogo começou morno e entrou em ebulição a partir dos 20. Aos 22,, Ramirez marcou de cabeça, mas o gol foi anulado por falta do meia botafoguense antes da bola chegar na área. Seis minutos depois, Joel recebeu na área e bateu na saída de Jefferson para abrir o placar. Aos 34, o sempre descontrolado Airton agarrou Alex acintosamente e recebeu o cartão amarelo. Um minuto depois, o Coxa acertou a trave com Luccas Claro. Aos 40, Airton acrescentou mais um cartão vermelho em sua longa lista. Ele atropelou Alex, que partia rumo à grande área, levou o segundo amarelo e prejudicou, mais uma vez, o Fogão. Na segunda etapa, os jogadores alvinegro lutaram bastante, mas não conseguirem criar grandes chances. Aos 42, Alex recebeu livre no meio da área e fuzilou Jefferson, marcando o segundo e matando a partida. O Fogão é o penúltimo colocado e tem 30 pontos.

Dia de craque. Recebendo o Inter no Maracanã, o Flamengo teve um Gabriel inspirado, que garantiu a vitória rubro-negra. Em um primeiro tempo morno, Gabriel foi o responsável pela conclusão mais perigosa do Flamengo, que parou no goleiro Alisson. O Inter também assustou em conclusão de Nilmar, que parou em Paulo Victor. Veio a segunda etapa, que trouxe poucas chances, mas que se tornaram gols. Aos 24, Nixon arrancou pela esquerda e cruzou de trivela pra Gabriel, que só completou para as redes, abrindo o placar. Aos 45, Gabriel aproveitou sobra após chute bloqueado de Léo Moura e bateu rasteiro para dar números finais ao jogo. O Urubu foi a 40 pontos e permanece em 11°.






0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.