segunda-feira, 20 de outubro de 2014

MEDO DO NOVO - Surge uma nova liderança em Maricá


Adilson Pereira - Segundo dizem, a foto em questão foi tirada por motivos nobres. Analisando melhor a foto, tal "nobreza" chega a dar arrepios.

Parece que Felipe Peixoto conseguiu a proeza de reunir algumas das principais lideranças políticas de Maricá (ao menos para uma foto) em torno da campanha de Pezão. Até os adversários da campanha passada estão aí, em ordem alfabética para não causar problemas:

- Hélcio Ângelo/Sebastião Rodrigues
- Marcelo Delaroli/Uilton Viana
- Ricardo Queiroz/Carolino Santos (representado pelo filho Marcos)

Temos na foto um verdadeiro vale-tudo entre Pezão x Crivella, ou, se preferirem: Todos x Quaquá.

Em minha humilde opinião, há muito mais em jogo que pura "nobreza". A foto tem mais a ver com o que chamamos de "ocupação de espaço".

A grande vencedora desta eleição, infelizmente, foi Rosângela Zeidan, transformando-se na deputada (seja estadual ou federal) mais votada da história de Maricá. O resultado caiu como uma bomba em alguns núcleos de campanha, fazendo acender a luz amarela quanto às projeções políticas futuras.

Em caso de vitória de Pezão, teremos uma nova liderança despontando em Maricá: Filipe Bittencourt "Pipinho". O que mais arrasa uma liderança consolidada é o surgimento de uma nova liderança com grande poder de fogo.

Vamos aos fatos?

Ao lançar sua candidatura a vereador de Maricá, Pipinho fez uma escolha mais que acertada: Picciani. Após as eleições, o que temos? - Pipinho totalmente fiel à candidatura de Pezão "desde o início".
- A família Picciani com três representantes eleitos, todos do PMDB, nas esferas estadual e federal.
- Jorge Picciani voltando a ter mandato, o que o consolida como presidente, de fato e de direito, do diretório estadual do PMDB - The Boss.
- Jorge Picciani certamente voltará à presidência da Alerj, pois duvido muito que Paulo Melo seja homem suficiente para traí-lo, como fez com Domingos Brazão.

Portanto, caso Pezão seja eleito, nenhuma das lideranças consolidadas de Maricá permitirão que Pipinho continue a caminhar sozinho por aí com tanto poder de fogo nas mãos... não mesmo! Será que presenciaremos ferrenhas lutas por espaço e desesperadas tentativas de puxada de tapete? O tempo dirá.

A política é como uma grande roda gigante. Alguns da foto já tiveram seu momento no topo... a roda girou e os levou ao fundo. Outros, jogaram fora uma excelente oportunidade por erro estratégico... a roda girou e eles começaram a descer. Mas, porém, entretanto, alguns estão do lado certo da roda gigante e acabaram por subir neste eterno ciclo de ilusões.

A pergunta é: - Pipinho terá coragem o bastante para abandonar sua zona de conforto e partir para o confronto? Na verdade, não sei. Mas que o cara começará a receber sorrisos e tapinhas nas costas de onde menos espera, isso vai.

Aguardemos a movimentação das pedras no tabuleiro...

Foto: Maricá Info





1 comentários:

Anônimo disse...

Análise "furada", as pedras ainda estão sendo colocadas no tabuleiro, forças superiores ainda irão se degladiar, caso Pezão vença, como Paulo Melo e Picciani, além de outros aliados. Adilson mal consegue interpretar os versículos da Palavra de Deus e quer da palpites no jogo político que anda nem começou.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.