sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Botafogo perde 4ª seguida e Série B 2015 é quase certa

Por William Amaral

Flu perde em casa e G-4 fica distante. Fla é goleado

Drama. Na expectativa de um último sopro de esperança, o Botafogo recebeu o Figueirense e perdeu o 4º jogo seguido.

Em um início truncado, as chances foram poucas para os dois times e o nervosismo imperava em São Januário. Na segunda etapa, as emoções afloraram logo no início. Logo aos 2 minutos, Cereceda cortou cruzamento de Régis com o braço e o juiz assinalou pênalti. Na cobrança, Jóbson chutou por cima e gerou a fúria da torcida. Três minutos depois, essa raiva aumentou depois que o Figueirense abriu o placar em cabeçada de França. Depois disso, o Botafogo sentiu ainda mais a tensão e a falta de qualidade técnica e viu o jogo chegar ao fim sem assustar o time de Santa Catarina. O Alvinegro segue com 33 pontos, na 19ª posição, com um pé e meio na Série B 2015.

Decepção. Jogando em casa e precisando da vitória para se manter na disputa pelo G-4, o Fluminense decepcionou e foi goleado pela Chapecoense em pleno Maracanã. Após um começo de pressão, o Flu sentiu o desgaste e a frustração de não conseguir marcar no primeiro tempo. Veio a segunda etapa e logo com 1 minuto de jogo, Guilherme Mattis tentou dar chutão, a bola pegou em Edson e sobrou para Bruno Silva, que bateu forte da entrada da área e abriu o placar. Aos 20, Camilo aproveitou cruzamento rasteiro da direita e ampliou. Aos 25, o terceiro do time de Chapecó saiu após cruzamento da direita, que Leandro aproveitou, de carrinho. Aos 39, em rápido contra-ataque, Bruno Silva recebeu na frente de Cavalieri e encobriu o goleiro tricolor para marcar o quarto. Aos 40, Carlinhos cruzou da esquerda e o zagueiro Rafael Lima marcou, contra, o gol de honra do Fluminense. O Tricolor permanece com 57 pontos, na 7ª posição.

Outra goleada. Quase de férias, o Flamengo foi ao Independência enfrentar o Atlético-MG, quinze dias depois de ser eliminado pelo Galo, na Copa do Brasil, e voltou com outra goleada. O time da casa começou o jogo a todo vapor e parou em boas defesas de Paulo Victor até Luan abrir o placar, aos 24, após sobra em escanteio. Aos 44, Léo Moura derrubou Douglas Santos na área. Pênalti, que Diego Tardelli cobrou e ampliou. O ritmo seguiu intenso na segunda etapa, e aos 17, Dátolo cruzou rasteiro para Luan, que completou para as redes, marcando seu segundo gol na partida. Dez minutos depois, Dátolo serviu Dodô, que bateu entre as pernas do goleiro rubro-negro para fechar o placar. O Urubu segue com 47 pontos, na 10ª posição.





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.