quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Fla não acredita, leva virada e sai da Copa do Brasil

Por William Amaral

Mexidas de Luxa no 2º tempo foram catastróficas

Não acreditou, dançou. Pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, o Mengão saiu na frente do Atlético-MG e só perderia a vaga se levasse quatro gols. Levou e voltou pra casa cabisbaixo.

O jogo começou como se esperava: pressão atleticana desde o primeiro segundo. A torcida praticamente empurrava a bola para a área rubro-negra, e a zaga do time de Luxa se virava como podia para não sofrer gols. Em meio a uma enorme pressão que parecia não ter fim, Everton passou em velocidade no meio de três marcadores, ganhou na dividida e bateu cruzado no canto de Victor, que tocou na bola, mas não evitou o gol do ótimo meia. Na comemoração, Everton ironizou a torcida, pedindo mais barulho. Provocou cedo demais. Aos 41, Douglas Santos cruzou da esquerda e Carlos, livre, completou para o gol, empatando o duelo. Veio a segunda etapa e o time da casa precisava de mais três gols para ir à final. A torcida pressionou ainda mais do que no primeiro tempo e o segundo gol saiu aos 12, após boa jogada de Luan, a zaga rubro-negra desarmou o atacante, mas a bola sobrou limpa para Maicosuel, que bateu e virou o marcador. Os jogadores do Atlético começavam a mostrar cansaço e foi aí que Luxa fez duas alterações inexplicáveis. Tirou os velozes Nixon e Everton e pôs os lentos e inoperantes Elton e Mattheus. Sem medo de levar contragolpes, o Galo se instalou no campo de defesa do Flamengo e aos 36, após cruzamento para a área, Marion ajeitou de peito e Dátolo pegou de primeira, mandando no cantinho de Paulo Victor. Faltava só um gol e ele veio três minutos depois, em mais um cruzamento, a bola ficou viva na grande área e sobrou para Luan empurrar para o gol e inflamar de vez a bela torcida atleticana, que chorava pela virada alcançada. Aos 46, Canteros teve a última chance rubro-negra no jogo, mas bateu em cima de Victor. Não deu tempo para mais nada. Linda vitória e excelente jogo no Mineirão. O Atlético enfrentará na final o maior rival, Cruzeiro, que despachou o Santos na outra semifinal.





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.