terça-feira, 4 de novembro de 2014

José Dirceu deixa presídio e vai cumprir resto da pena em casa

Condenado a cumprir pena de 8 anos de prisão por corrupção ativa no julgamento do mensalão do PT, o ex-ministro da Casa Civil da Presidência da República, José Dirceu, deixou a prisão nesta terça-feira depois de ficar onze meses e vinte dias atrás das grades.

José Dirceu, o mentor do esquema do mensalão, vai cumprir
o resto da pena em sua residência
Dirceu compareceu à Vara de Execuções Penais do Distrito Federal por volta das 13h30 acompanhado de seu advogado e, após assinar o termo de autorização para deixar o presídio da capital federal, foi liberado para cumprir o restante da pena em casa.

Apontado como o mentor do esquema de compra de apoio político operado no Congresso Nacional durante o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, José Dirceu estava preso desde o dia 15 de novembro de 2013. Dezenas de jornalistas aguardavam o ex-ministro, que entrou no fórum pela porta da frente, mas sem falar com a imprensa. Passadas pouco mais de três horas, Dirceu deixou a audiência acompanhado do advogado. No momento em que o ex-chefe da Casa Civil caminhava em direção ao carro, houve um princípio de confusão entre seguranças e repórteres que tentavam entrevistá-lo. Dirceu não se pronunciou em nenhum momento.





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.