segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Empresa de águas de Maricá: mais uma promessa esquecida

Em agosto de 2009, dias depois de sancionar a autorização da Câmara de Vereadores de municipalizar o abastecimento de água e o saneamento da cidade, o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, anunciou a criação da empresa de águas de Maricá e declarou que a mesma iniciaria suas atividades de dezembro daquele ano.

Prefeito Washington Quaquá
Segundo informações amplamente divulgadas na época, a municipalização dependia de conversas com a Cedae para definir o orçamento que seria utilizado para o esgotamento sanitário, que ficaria a cargo da Prefeitura. De contrapartida, o município já havia conseguido a pré-aprovação de um projeto no Ministério das Cidades no valor de R$ 108 milhões.

A indicação do presidente da empresa girou em torno de um subsecretário, cujo nome nem chegou a ser cogitado. Segundo os acordos e planos, a "empresa" dividiria as competências com a Cedae, que ficaria responsável em criar o abastecimento de água enquanto que o município, o saneamento. As ações começariam por Inoã e Itaipuaçu. No entanto, a empresa não vingou e passados cinco anos desde o anúncio do projeto, nenhuma obra de saneamento foi realizada. Já a CEDAE está realizando testes nos seus encanamentos em algumas ruas do Jardim Atlântico, em Itaipuaçu.






1 comentários:

Anônimo disse...

é pessoal não teremos saneamento tão cedo, água? será que teremos...?

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.