terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Hope, citada no "Petrolão", recebeu R$ 22,4 milhões da Secretaria de Educação de Maricá

Ricardo Vieira Ferreira - A HOPE CONSULTORIA DE RECURSOS HUMANOS LTDA foi contratada pela Secretaria de Educação desde 2009, sob o comando do atual vice-prefeito MARCOS RIBEIRO. Sua sucessora na Secretaria, e esposa, MARTA DE MELLO QUINAN, continuou com as operações. O motivo para tais contratações seria a especialização em “SERVIÇOS DE VIGIA” num primeiro momento e depois, por especialização em “MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS”.

Segundo matéria do jornal O GLOBO, o delator PAULO ROBERTO COSTA fez referência à HOPE conforme reprodução (abaixo) de matéria do citado jornal.

As relações da HOPE com a PETROBRAS são confirmadas por acórdão em reclamação trabalhista mostrado na sua parte inicial nos anexos desta matéria. Durante a última campanha eleitoral os jornais publicaram supostos pedidos de ajuda feitos ao delator PAULO ROBERTO COSTA pelo candidato do PT ao Governo do Estado. Nas próximas postagens publicaremos os valores recebidos e a Ação de Improbidade Administrativa a que respondem o prefeito, a HOPE e seus administradores, distribuída pelo Ministério Público em 2013, o que levou à suspensão das operações em Maricá.




HOPE RECEBEU MAIS DE R$ 22,4 MILHÕES E EXISTEM DADOS CONFLITANTES

Estamos publicando os valores retirados em 11/12/2014 do site da prefeitura da Maricá – Portal da Transparência. Vejam que encontramos uma outra postagem do mesmo site que utilizamos em matéria da edição nº 56 do jornal MARICÁ EM FOCO, cujos valores são divergentes quanto ao que teria sido desembolsado no ano de 2013. Não é a primeira vez que o fato acontece. Segundo as publicações, os empenhos seriam R$ 6.885.322,39 numa versão e R$ 10. 006.161,97 em outra. O mesmo se deu com os “anulados” e “liquidados”. Consultem as imagens relativas ao ano de 2013. Valores da PERFIL NICTHEROY, da THALIS e outras foram suprimidos do site sem nenhuma explicação. Sobre a THALIS, ver matéria na edição nº 44 deste jornal. No Ministério Público tramitam inquéritos e na Justiça há ações tratando de diversos casos daquela secretaria. Só para não cair no esquecimento, o mesmo Ministério Público quer saber por meio de outra Ação de Improbidade, o que fizeram juntamente com a firma ACOLLARI que vendeu kits escolares de péssimo padrão e superfaturados.

















1 comentários:

Anônimo disse...

não perca tempo itaipuaçu site entregue o que puder para o ministério público e para a polícia federal, afinal se são muito corretos, os políticos do nosso município não tem nada a temer nem a esconder, não é mesmo???repassem, repassem, repassem........

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.