terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Direto de Maricá: Confusão no "hospital da morte"

Texto de Pery Salgado - A Polícia Militar conduziu à 82 DP na tarde da sexta feira 23/01, médico, paciente, maqueiro e enfermeiros do Hospital Municipal Conde Modesto Leal, conhecido como HOSPITAL DA MORTE. O incidente aconteceu por volta das 14 horas desta segunda-feira (26).

O paciente – Sr. Luiz Carlos – teria tentado agredir uma médica na sala de curativo da unidade hospitalar devido a grande demora no atendimento – fato comum à maioria dos pacientes – e foi impedido pelo médico Pedro que pediu que ele aguardasse no corredor do hospital, pois a médica estaria aplicando pontos em uma criança. Não satisfeito com a situação, o Sr. Luiz Carlos teria empurrado o médico Pedro e a bengala do paciente teria atingido o pé de uma técnica de enfermagem.

Já segundo o Sr. Luiz Carlos, ele teria sido mal atendido pela médica que o recebeu de modo grosseiro afirmando que quem tem plano de saúde não deveria estar ali atrapalhando os outros. O Sr. Luiz Carlos teria solicitado remédios para amenizar as dores que sentia devido a uma operação realizada em sua perna. Ainda segundo o Sr. Luiz Carlos, um dos seguranças do hospital deu-lhe um golpe chamado “mata leão” imobilizando o paciente e gritando dizendo que ali ele não seria mais atendido.

Ouvido na 82 DP o caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal de Maricá.

Fonte: Barão de Inohan





1 comentários:

Eunice mezabarba disse...

Nossa so vergonha... aff.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.