quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Especialista dá dicas para compra de imóvel em Maricá

Texto de Aline Balbino - Comprar a casa própria é o sonho de todo brasileiro. Mas, adquirir um imóvel requer paciência e muita atenção. Maricá tem vivido nos últimos anos um período de Boom na compra e venda de imóveis à vista e financiado. Querendo fugir na violência e dos preços altos, muita gente escolheu a cidade que faz divisa com a Região dos Lagos, para viver. Mas, na hora de comprar uma casa financiada pela Caixa Econômica, quais são os critérios?

De acordo com a advogada especialista em direito imobiliário, Cristiane Guerra, um dos principais critérios para comprar uma casa financiada é fazer uma vistoria física no imóvel. Há casos de pessoas que compraram a casa própria e depois perceberam diversos problemas, como casa inundada depois de fortes chuvas. A dica é ir ao imóvel por diversas vezes e conversar com vizinhos para ver como é o local em dias de chuva. A interação com a vizinhança, segundo a advogada, é primordial.

“Tenho uma amiga que comprou a casa dos sonhos. Foi uma empolgação incrível. Mas alguns amigos a avisaram que quando chovia o local enchia. Ela preferiu não ouvir. Na primeira chuva, a casa dela encheu. Mas, ela ama tanto a casa que fez barreiras para proteger a residência. Nem sempre os engenheiros da Caixa veêm tudo. Normalmente eles observam de o imóvel é antigo, os encanamentos, lage. Depois disso, a Caixa não tem mais responsabilidade”, contou a advogada.

DICAS PARA ADQUIRIR UM IMÓVEL USADO COM SEGURANÇA

• Ir ao imóvel que pretende comprar diversas vezes em vários horários.
• Conversar com vizinhos sobre enchentes, segurança do bairro.
• Ver documentação: Ônus reais, certidão negativa, tributos imobiliários.
• Verificar se proprietário tem ação na esfera cível que possa vincular o imóvel.
• Ver junto à prefeitura sobre projeto de desapropriação pelo ente público.
• Ver se corretor é confiável, confirmar Creci.
• Verificar se a imobiliária é séria e renomada.

Fonte: A Tribuna





1 comentários:

Anônimo disse...

Reserva Verde ficou debaixo d'água (metros de água) nas chuvas de 2010, enquanto nosso prefeito imbecil consultava o Inea da conveniência e oportunidade de abrir um canal na Barra de Maricá para baixar o nível das lagoas.
A Caixa Econômica construiu 1472 moradias ali. É muita irresponsabilidade!

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.