domingo, 15 de fevereiro de 2015

Após ataque de cão feroz, jornalista de Maricá sai de hospital sem dedo polegar

No dia 10 deste mês, o jornalista João Madeira, editor do jornal Mão na Roda, de Itaipuaçu (Maricá-RJ), dirigiu-se a uma oficina mecânica para fazer um registro fotográfico do concurso, promovido por ele, " Gente que sabe quase tudo". Porém, no instante em que preparou-se para registrar uma foto, um cão saiu repentinamente de um vão e avançou sobre ele, ferozmente. No ataque, o jornalista teve o seu dedo polegar decepado.

O proprietário da oficia, Sr. Alex, ficou desesperado e prontamente socorreu o jornalista levando-o para o hospital Mario Monteiro, na Estrada Francisco Cruz Nunes, em Niterói. Segundo informações, o dito hospital recusou-se em atender o jornalista e o encaminhou para o hospital Azevedo Lima.

Lá chegando, um dos médicos condenou o dedo decepado e disse que "não havia como implantar o polegar". Após tirarem um RX, João Madeira foi encaminhado ao Centro Cirúrgico. Por falta de maqueiros naquele plantão a cirurgia demorou para ser iniciada.

Ainda segundo informações, na sala de cirurgia, uma enfermeira, vendo o estado do polegar decepado, disse ao jornalista: "Sr. João, vou jogar seu dedo fora". Naquele momento, João sentiu-se completamente desesperançoso de recuperar seu polegar.

A cirurgia foi demorada. João permaneceu 26 horas
internado e durante esse período sentiu muitas dores. Alex, o dono da oficina, atencioso, pagou todos os medicamentos.

Informações e fotos: João Madeira (Jornal Mão na Roda)
Texto: Editado por Marcelo Bessa (Itaipuaçu Site)





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.