terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Itaipuaçu: Alvo de disputa política, sede da AMISTA está abandonada

Texto de Marcelo Bessa - A praça e a ex-sede da AMISTA (Associação de Moradores e Amigos de São Bento da Lagoa), localizada entre as ruas 13 e 14, encontram-se em total estado de abandono. A sede, que durante anos funcionou como núcleo dos Correios, há cerca de dois anos, foi alvo de políticos gananciosos que após uma disputa conturbada pela presidência da associação, foram parar na justiça.

Praça e sede da Amista, abandonados (Foto: Marcelo Bessa)

Tudo começou em 2011. Na ocasião, a AMISTA havia sido contemplada com a chegada de um mobiliário e onze computadores completos, com recursos do PRONASCI, para a montagem e funcionamento de um Telecentro em sua sede. Segundo informações do então presidente, Roberto Almeida, no mesmo dia, por ordem do secretário Fabiano Filho, na época da Secretaria Municipal de Assuntos Federativos, a sub-secretária Lene (Mat.13238) alegando falta de segurança no local, quis retirar todo o material recém chegado e levá-lo para a sede da Secretaria, em Araçatiba, no centro de Maricá. Todavia, Roberto não permitiu tal manobra e assinou um termo de responsabilidade pela guarda dos equipamentos, os quais se encontram até hoje no sótão de sua residência.

Bira, venceu mas não levou
(Foto: Marcelo Bessa)
Em 2013, um grupo liderado pelo ex-presidente da AMARI (Associação de Moradores e Amigos do Recanto), Ricardinho Netuno, fraudou as eleições para a presidência da AMARI, vencida por apenas 1 voto de diferença pelo seu candidato Ubirajara Alcântara, conhecido como "Bira". O candidato da situação, Roberto Almeida, inconformado, entrou na justiça e o caso se arrasta pelos tribunais até hoje.


Invasão

No início da noite do dia 28 de maio de 2014, por volta das 19h, o mesmo grupo de oposição, já endossado pelo prefeito Quaquá, encabeçado por Ubirajara Alcântara e Vicente Silva, da Rádio Comunitária Sideral, invadiu a sede da AMISTA.

Vicente Silva da Rádio Sideral,
velho politiqueiro (Foto: Marcelo Bessa)
A imprensa local, representada pelo ITAIPUAÇU SITE, que vinha denunciando constantemente ações eleitoreiras ilegais de malfeitores políticos na região, após receber uma mensagem via sms do administrador judicial da FAMMAR (Federação das Associação de Moradores de Maricá), Eduardo Souza, foi até o local e flagrou os "cabeças" (Vicente e Ubirajara) reunidos com alguns presidentes de outras associações. Um outro "cabeça", identificado como Marcelo Honorato Contreiras, segundo informações, militante do PSOL e supostamente ligado à rede da deputada Janira Rocha, quis 'barrar' a entrada do repórter do Itaipuaçu Site. Entretanto, naquele momento, repentinamente, adentrou à sede o ex-presidente Roberto Almeida, que, além de impor a presença da imprensa no recinto, encerrou a reunião lembrando a todos que a AMISTA encontrava-se sub judice.

Naquele instante ficou evidente que os outros participantes, ligados às suas respectivas associações, ficaram surpresos e ao mesmo tempo constrangidos. Eles deixaram rapidamente o local. Porém, Vicente Silva ficou extremamente irritado com o inesperado esvaziamento da reunião e lançou toda a sua ira contra Roberto, dando inclusive vários murros sobre uma mesa. Mas, apesar da tentativa de resistência, em poucos minutos, todos acabaram deixando o local após uma informação de que a polícia já estaria a caminho.

Assim, após esses tristes episódios, a praça, hoje, encontra-se totalmente abandonada e a AMISTA não existe mais. Os "ratos" de Itaipuaçu continuam na obscuridade, à espera de uma "boquinha", e os moradores de São Bento da Lagoa, inocentes, prejudicados.







2 comentários:

Anônimo disse...

Eu joguei muita bola no compinho que tinha lá antigamente, hoje em dia já to maior de idade mas fico triste porque esse lugar fez parte da minha infância, quando tinha as festas Juninas e a escolinha de futebol do professor Silvio,o local é ótimo e amplo para atividades de lazer,só falta vergonha na cara de quem é responsável pelo local.

Anônimo disse...

A situação atual devemos agradecer justamente ao tal professor Sílvio e sua gang, pois os mesmos é que fraudaram a eleição e fizeram de tudo para denegrir a imagem da Diretoria que seria eleita, com mentiras junto aos moradores, boicotando as festas e tentando invadir a sede para tornar o local um bar. Enganando até o poder público que por sua vez não construiu a tão sonhada praça conseguida pelo Presidente Sr Roberto. A Amista está aguardando o desfecho judicial ao qual se desenrola desde 2013.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.