terça-feira, 10 de março de 2015

Duplicação da RJ-106 é adiada por tempo indeterminado

As obras da segunda fase da duplicação da RJ-106 não serão retomadas nos primeiros meses deste ano, como prometido inicialmente pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), e não possuem mais data para saírem do papel. Através de nota, o órgão alterou o discurso inicial, quando previa o início dos trabalhos para o primeiro semestre de 2015. As obras compreendem os trechos entre Maricá e Saquarema. O investimento previsto para a etapa é de R$ 326 milhões. O que se vê hoje é apenas o início da duplicação entre a entrada para Ponta Negra e a Serra do Mato Grosso, intervenção que se encontra inacabada.

RJ-106 (Foto: Ivanildo Parreto)
A duplicação da RJ-106, paralisada há cinco anos, é tida como principal medida para os grandes congestionamentos da via, que acontecem principalmente nos feriados e fins de semana, devido ao aumento do tráfego em direção às praias da Região dos Lagos.
“Nós queremos e muito essas melhorias. Precisamos dela. Além disso, a estrada ficará mais segura e iluminada. Atualmente ela é muito estreita e a pista não possui mureta divisória”, reclama o farmacêutico Alan Pereira da Silva, de 33 anos.

Mesmo com a necessidade e ansiedade da população, parece que os usuários da via terão que esperar ainda mais pelas melhorias. Em novembro de 2014 o DER-RJ declarou que o projeto estaria pronto e licitado, com previsão de início nos seis primeiros meses deste ano de 2015. Procurados ontem pela nossa equipe de reportagem, o discurso não era mais o mesmo, e eles recuaram sobre a retomada dos trabalhos.

Segue na íntegra a nota enviada na tarde de ontem: “A Assessoria de Comunicação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) esclarece que o órgão possui neste momento um projeto básico para realização de obras de duplicação da RJ-106 com construção de túnel, no trecho entre Maricá e Sampaio Corrêa, numa extensão de 1,8 km. Para efeito de correção informamos que o trecho entre Maricá e Araruama segue em fase de estudos preliminares. Ambos os projetos não possuem previsão para início das obras”.

Obras concluídas

O primeiro trecho da via foi duplicado há mais de dez anos, no governo Anthony Garotinho, desde o bairro de Tribobó, em São Gonçalo, até Maricá, totalizando 30 quilômetros de estradas novas. A nova fase duplicará 24 quilômetros, desde a entrada de Maricá até Araruama. Nela serão criados trechos de pistas marginais para possibilitar o acesso às comunidades próximas, além do túnel.

Após a conclusão das obras, os motoristas poderão continuar passando pela Serra e o túnel será apenas mais uma alternativa. A duplicação deste trecho da RJ-106 encurtará o trajeto em dois quilômetros, passando de 9,5 km para 7,5 km. Além de melhorar as condições viárias da estrada, as melhorias trarão benefícios ambientais e sociais.

A Tribuna







2 comentários:

Paulo Furtado disse...

Não há interesse dos governantes... aí fica complicado demais...

Anônimo disse...

O Pezão vai fazer o BRT de Nikiti - São Gonça por 1,5 bi, desviar muita grana para o cx 2 do PMDB e deixar a população mais uma vez refém dos empresários de ônibus.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.