Enquanto municípios em crise cortam gastos, prefeito de Maricá cria mais cargos e salários

Os municípios do Estado do Rio congelaram salários, suspenderam concursos e reduziram expedientes para enfrentar a falta de verba proveniente da queda de arrecadação dos royalties de petróleo. A crise afeta 87 das 92 cidades que recebem o recurso. Entre elas estão São Gonçalo, Duque de Caxias, Campos dos Goytacazes, Nova Iguaçu e Niterói. O repasse incrementava entre 40% e 65% de cada orçamento. Outros municípios mais atingidos com a perda são Cabo Frio, Rio das Ostras, Angra dos Reis, Casimiro de Abreu e Quissamã. Neles, há suspensão de investimentos, redução de contratos e corte de salários e de horas-extras dos servidores.

Prefeito de Maricá
Quaquá: "Festa com
dinheiro público"
(Foto: Divulgação/Internet) 
Porém, o município de Maricá, administrado pelo presidente regional do PT, Washington Quaquá, continua fazendo "festa" com dinheiro público e parece que o "baile" não terminará tão cedo. Apesar de suas contas totalmente desequilibradas e a grave crise nos setores da saúde, educação e segurança, o prefeito sancionou a Lei Complementar nº 260 e criou mais 5 secretarias. Assim, as 29 secretarias do primeiro escalão foram transformadas em adjuntas vinculadas a 5 coordenadorias que também se transformaram em secretarias executivas. Os salários dos secretários variam entre 12 e 13 mil reais. Segundo Quaquá, as mudanças visam dar mais "eficiência" à administração.

Municípios e problemas

RIO DAS OSTRAS
Não tem previsão de pagamentos, obras suspensas, órgãos foram extintos, serviços cancelados, salários reduzidos e corte das horas-extras de servidores.

CABO FRIO
Quatro mil funcionários, entre cargos comissionados e contratados exonerados, redução de salários, extinção do órgão de limpeza do município.

ANGRA DOS REIS
Corte de salário da prefeita e secretários, congelamento de proventos, demissão de contratados.

CASIMIRO DE ABREU
Redução do expediente de trabalho a fim de economizar recursos, demissão de comissionados, reajuste abaixo da inflação, fusão de secretarias e redução no orçamento das pastas.

QUISSAMÃ
Meio expediente nos órgãos, corte de salários, redução de proventos em 20%.

CAMPOS
Supressão de convênios e contratos e redução nos salários comissionados.

DUQUE DE CAXIAS
Antecipação de reservas para pagamento de salários e fornecedores prevendo atrasos futuros. Demissão de nomeados.

SÃO GONÇALO
Corte de contratos e funcionários em 20%.

MARICÁ
Segundo o prefeito "Quaquá", no município não há crise e 88% da população aprova sua administração.

Com algumas informações de O Dia









Previous
Next Post »

2 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment