segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Viagens internacionais do Prefeito de Maricá são denunciadas na Câmara

De acordo com lei específica, o prefeito não pode se ausentar do município mais de duas vezes ao ano em um período superior a 15 dias, até mesmo se houver comunicado a Câmara de Vereadores.

Robson Giorno entrega o documento
nas mãos do vereador Felipe Auni
No entanto, essa lei, ao que parece, não se aplica ao atual prefeito de Maricá, Washington Quaquá, pois o mesmo tem ficado mais fora do município do que dentro. Além de não morar mais em Maricá, o alcaide tem viajado constantemente para fora do Brasil, com a alegação de que está indo atrás de negócios com empresários e governos estrangeiros.

Porém, na tarde da última quarta feira, dia 25, as ausências do prefeito foram denunciadas pelo atual presidente do PSL, Robson Giorno, que entregou nas mãos do vereador Felipe Auni um documento requerendo a apresentação do passaporte do prefeito, para tais constatações.

Já antevendo que o prefeito e a câmara venham a se negar, o denunciante solicita que, expirado o prazo legal, seja oficiado ao MP e que o passaporte seja requerido direto da policia federal, a fim de sejam feitas tais constatações. Confira a seguir a imagem do documento:


Com informações: Barão de Inohan




2 comentários:

Anônimo disse...

Oicram Arierep É isso que Maricá precisa, uma oposição sensata correta e transparente. E todas as contas públicas precisam ser revistas (auditadas), pois, tem vereador ficando rico em menos de 4 anos no nosso município e os últimos dois prefeitos ficaram milionários, contando com o atual Quá qua!!

Leonardo disse...

Só existe o Felipe de oposição? O cara faz praticamente tudo sozinho, parabéns, o trabalha de vereador está sendo feito perfeitamente, fiscalizando e denunciando!

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.