sexta-feira, 8 de abril de 2016

Maricá: Distribuição de jornal vai parar na delegacia

Maricá: Distribuição de jornal vai parar na delegaciaMaricá - Durante a distribuição de um jornal impresso intitulado ‘O Poder é do Povo – Maricá’, de propriedade da empresa RG Propaganda e Publicidade, um homem abordou uma das entregadoras, identificada como Adriana Barcellos Elias, de 44 anos, e a apreendeu, sem nenhum motivo aparente. Segundo informações, o homem estava em carro particular e seria um policial à paisana.

O proprietário da empresa, Robson Giorno, que é pré-candidato a prefeito, informou que a ação pode ter sido uma espécie de retaliação de alguns políticos que tiveram seus nomes veiculados nas matérias do jornal, que começou a circular na cidade no início desta semana. O jornal, além de personagens famosos da política nacional, também cita políticos da cidade, entre os quais o Deputado Federal Licenciado Fabiano Horta, o presidente da Câmara de Vereadores, Chiquinho, o prefeito, Washington Quaquá, e o pré-candidato a prefeito, Marcelo Delaroli.

O suposto policial e a entregadora foram encaminhados à delegacia de Maricá (82 DP), que acabou não registrando o caso por entender que não houve nenhum crime.

Em nota, Marcelo Delaroli se pronunciou sobre a matéria:

Sou partidário da liberdade de expressão e de informação apesar de estar sendo vítima de matérias caluniosas e sem o mínimo indício de veracidade desde a última campanha em 2012. Lamento profundamente a confusão estabelecida com a distribuição de jornal tendencioso que foi objeto da matéria no Itaipuaçu Site e declaro que não determinei que alguém do meu grupo político tomasse medidas contra a distribuição do material. Determinei que sejam apuradas as circunstâncias que levaram aos fatos lamentáveis ocorridos ontem e que assuntos de tais naturezas devem ser resolvidos apenas na Justiça. Meus advogados estão encarregados do caso e brevemente a população de Maricá verá o restabelecimento da verdade. Qualquer outra nota que trate do caso e que digam ser minha ou do meu grupo político não deve ser considerada.

O prefeito Whashington Quaquá, o vereador Chiquinho e o deputado licenciado Fabiano Horta não foram localizados pela nossa reportagem.





2 comentários:

Anônimo disse...

Se tudo isso não foi uma tremenda armação para criar um fato e fazer propaganda política, os envolvidos que se sentirem prejudicados, devem entrar com ação na justiça, inclusive uma por abuso de autoridade.

Anônimo disse...

ISSO É COISA DO PT(PERDA TOTAL). ELES ESTÃO DESESPERADOS. NÃO VAMOS DESISTIR. FORA PT, DILMA, LULA, QUAQUÁ, CADEIA NELES.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.