quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Itaipuaçu: PM é morto a tiros pelo enteado

Em depoimento na Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Maricá (DHNSG), nesta quarta-feira (14), Breno Silva Arruda assumiu que matou o padastro, o 2º Sargento Wellington Henrique da Silva Marinho, em legitima defesa na noite desta terça-feira.

breno
Breno Silva Arruda
(Foto: Internet)
O fato aconteceu na rua 25, na comunidade conhecida como Mato Dentro, do bairro Recanto III, em frente a porta da casa da vítima e do enteado.

Após o crime, testemunhas disseram que Breno interferiu numa briga entre sua mãe e o PM, tomou a arma da mão do padastro, efetuou os disparos e fugiu do local.

De acordo com o depoimento de Breno, o padastro havia ameaçado a família. Ainda segundo o depoimento, Breno conseguiu desarmar o Sargento e efetuou os disparos. A mãe de Breno confirmou a versão.

O policial morto trabalhou em Maricá, mas atualmente estava lotado no Palácio Guanabara, sede do governo estadual. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói



0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.