terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Desativado há 7 anos, Mercado Produtor de Maricá será reativado

Por Marcelo Bessa - Foram iniciadas na manhã dessa segunda-feira (09) as obras de restauração para reativação do Mercado Produtor de Maricá, desativado e abandonado há 7 anos pelo governo municipal anterior. 

O projeto é uma das prioridades do novo secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Julio Carolino. De acordo com o secretário, o objetivo é beneficiar tanto aos pequenos produtores, quanto à população mais carente.

Trabalhadores iniciam as obras
Além das obras, Carolino e sua equipe estão contactando pequenos produtores na intenção de cadastrá-los e assim possibilitar a criação de uma cooperativa com os demais agricultores da cidade. A cooperativa, segundo o secretário, além de trazer beneficiamento aos produtores, beneficiará também a população que terá acesso a alimentos de qualidade com preços competitivos.

Ainda de acordo com o novo secretário, toda essa atividade estará interligada a vários outros projetos, bem como eventos e feiras culturais.

Julio Carolino
__ Além das atividades dos produtores durante o dia, vamos utilizar o espaço também à noite com o projeto 'Feira da Lua', que será um evento similar a uma feira nordestina com exposição e comércio de produtos e apresentação de shows artísticos de música regional. Pretendemos também, mais pra frente, realizar a "Feira do Sol" que será itinerante, durante o dia e em outros bairros e distritos do município _, comentou Julio Carolino.

__ Vários resultados positivos poderão ser detectados com a realização desses eventos. Entre eles podem ser citados a geração de emprego, fixação do agricultor familiar no campo, renda fixa e aumento da margem de lucro do setor na região, eliminação da ação dos atravessadores, inclusão da mulher no mercado de trabalho, e maior oferta de alimentos básicos de qualidade aos consumidores _, concluiu.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.