Outras Mentiras de Quaquá

Editorial de Marcelo Bessa

18/11/2011 - É realmente inacreditável. O prefeito de Maricá, Washington Quaquá (PT), que, por pura perversidade, enganou o povo durante esses três últimos anos de seu famigerado "desgoverno" não cumprindo nenhuma de suas promessas de campanha, sumindo, literalmente, com quase meio bilhão de reais, deixando a cidade em estado de calamidade pública, com suas ruas esburacadas, lixos espalhados, doentes e necessitados de urgências hospitalares abandonados ao léu, deixando mortos pelo caminho às centenas, não pára de mentir.
Como todos sabem, o seu jornal, já desmascarado pelo nosso site (reveja a matéria em: http://www.itaipuacusite.com.br/2011/09/cabo-eleitoral-de-quaqua-e-descoberto.html ), denominado Outras Palavras, porém merecidamente apelidado por todos como "Outras Mentiras", o qual é distribuído em vários estabelecimentos comerciais semanalmente, em sua mais recente edição demonstra o cúmulo da mentira e o tamanho do desespero desse prefeito insignificante que usa e abusa desse desleal artifício para enganar a população a fim de que possa, enfim, se reeleger. Enumeremos por itens:

1- Logo na 1ª página, a foto do novo terminal rodoviário, na qual a prefeitura se autodenomina autora da obra (foto¹).
Mentira! Todos sabem que a prefeitura não bateu um prego sequer ali. (reveja a reportagem em: http://www.itaipuacusite.com.br/2011/09/terminal-rodoviario-de-itaipuacu-um.html )

2 - Na mesma página principal, "Posto do Detran de Maricá faz política e prejudica a população" (Foto²). Outra mentira! A própria prefeitura desapropriou a área e desativou o serviço.

3 - "Obras municipais aquecem o mercado da construção civil" (Foto²). Isso é um absurdo! 95% dessas obras são do Governo do Estado.

Foto¹

Foto²
Além disso...

4 - Quaquá diz que prefeitura entregou 14 mil netbooks aos alunos da rede municipal, no entanto, é mais uma mentira. Na verdade, esses netbooks fazem parte de um programa do Governo Federal. Confira em: http://www.itaipuacusite.com.br/2011/10/sindicato-dos-profissionais-de-educacao.html

Quaquá, ninguém acredita mais em você!
Cadê os 480 milhões?

O Itaipuaçu Site agradece a preciosa colaboração dos moradores Adilson Maués e Fabiana Amaral na produção dessa matéria.

Comentários

  1. Por Marcelo Correia
    É isso aí! Boca no trombone... Excelente matéria!
    Chega de tanta mentira!!!!

    ResponderExcluir
  2. Esse prefeitozinho é um grande cara de pau, mentiroso e outras coisa mais. Uma vergonha.

    ResponderExcluir
  3. Meus amigos, já chegamos aos R$ 500 milhões arrecadados. Prestem atenção no que estão fazendo na Estrada de Itaipuaçu. Os buracos deixados pela "máquina fantástica" começam a ser tapados manualmente com lama asfáltica e brita. Começaram hoje, 3ª feira, 22/11 a partir da base da Serrinha. A tal máquina serve apenas para tentar disfarçar a roubalheira inédita em uma única obra. Estão tungando mais de R$ 1 milhão por quilômetro. Além do mais, não há meio fio, caixas de captação de águas pluviais, tubulação para drenagem ao longo de toda a via. As fotos estarão amanhã no Território Livre. FORA QUAQUÁ E SUA QUADRILHA!
    Ricardo Vieira Ferreira

    ResponderExcluir
  4. Meus amigos Itaipuenses, vamos ressucitar a campanha de emancipaçao, onde o proprio prefeito QuaQua era adepto, inclusive como mote de sua campanha... Depois que ganhou simplesmente esqueceu e ate andou dizendo que nunca disse isso.
    Vejam a reportagem do jornal O Fluminense de antes da eleiçao:
    http://www.ofluminense.com.br/noticias/130956.asp?pStrLink=2,76,0,130956&IndSeguro=0

    ResponderExcluir
  5. marcos vinicius( sgt.freitas)26 de novembro de 2011 11:58

    É, com muito pesar que vejo e ouso notícias desta natureza sobre itaipuaçu,fui morador deste lindo lugar mas por causa deste maníaco e sua corja me ví obrigado a me mudar ainda tenho minha casa ai estou apenas esperando uma resposta política a altura .(povo ,pelo amor de deus não votem nas velhas porcarias de politicos que nunca e nen vão fazer nada pelo local tenhão conciência de seu voto. )

    ResponderExcluir
  6. A estrada de Itaipuaçu esta um verdadeiro convite a morte, pois esta toda esburacada e sem nenuma sinalização, já ocorreram varios acidentes o mais recente foi na noite de natal 24/12/2011.Quando isso irá acabar? quantas pessoas necessitam morrer para essa pouca vergonha acabar. Cade a obra que esse prefeito 171, aparece nos meios de comunicação informando que realizou. Quanta omissão do MP, porque não coloca este ladrão para fora da prefitura, cadei nele.

    ResponderExcluir
  7. Este desprefeito realmente é muito cara de pau! E creio que muitos eleitores ainda votaram nele na proxima eleição!

    ResponderExcluir
  8. vai fazer dois anos q voltei a morar em ITAIPUAÇU, e qual não foi meu espanto em ver no q ITAIPUAÇU se transformou. As comunidades aqui do Rio de janeiro estão mais bem estruturada do que a cidade q está totalmente abandonada. Mas como o povo pode votar num criatura que tem o apelido de QUAQUA. Com certeza ele está dando muitos QUAQUAS do povo de itaipuaçu. Isso é BRASIL !!!!! só corruptos e ladrões. ASS: BIBI

    ResponderExcluir
  9. Porque os moradores proprietários de Itaipuaçu não movem uma ação na Justiça contra a Prefeitura para que todo o IPTU da região seja depositado judicialmente, ou seja, não mais efetuem o pagamento aos cofres da prefeitura, cuja disponibilidade ocorra somemte após, pelo menos, a recuperação total das vias públicas?

    ResponderExcluir
  10. quáquá vc é grande mentiroso divulgou no jornal que a 5 anos não há caso de óbito no hospital, mentira meu neto nasceu morto ai no conde modesto leal, no dia 25 de 2011 fez 1 ano e até hoje não sei o que huve com o corpo da criança vcs sumiram com a criança isso não vai ficar assim vou te escrac ha no vagner monte, seu prefeito de araque cara de de pau ,mentiroso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.