segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Análise da luta – Dan Henderson x Lyoto Machida – UFC 157


No próximo sábado acontecerá o UFC 157, em Anaheim, Califórnia, nos Estados Unidos. Na luta principal, ocorrerá uma luta que fará história no UFC: trata-se do primeiro duelo entre mulheres na organização. Ronda Rousey defenderá seu título, que migrou do StrikeForce para o UFC, diante de Liz Carmouche, mas para os fãs mais antigos, a luta mais esperada é a batalha entre as lendas Dan Henderson e Lyoto Machida.

O carateca brasileiro vem de vitória por nocaute sobre Ryan Bader em agosto de 2012, já Dan Henderson não luta há mais de um ano. Na ocasião, ele venceu uma dura batalha contra Maurício Shogun em novembro de 2011, e ganhou a chance pelo cinturão. Chance essa que foi interrompida devido a uma lesão do americano. Os dois consagrados atletas agora lutam entre si para provar que merecem uma chance contra o detentor do cinturão dos meio-pesados, que sairá da luta entre Jon Jones contra Chael Sonnen, no fim de abril.

  
Trocação:
O histórico nocaute sobre Fedor.

Dan Henderson há tempos aposta em seus golpes fulminantes para conquistar suas vitórias. Seu cruzado de direita é tão poderoso que ganhou uma alcunha própria: a temida H-Bomb. Além do poder com as mãos, Hendo nunca foi nocauteado, provando ter um dos queixos mais duros de todo o MMA. Tem 13 nocautes na carreira, sobre nomes como Fedor, Wanderlei Silva e Michael Bisping.
O dia do Dragão: Lyoto nocauteou
Evans e faturou o cinturão.

Lyoto Machida não possui mãos tão pesadas quanto às de seu oponente, mas tem uma variedade maior de golpes e uma velocidade única na categoria, que o leva a sofrer poucos danos. Seus contragolpes são fatais. Já nocauteou nomes consagrados como Randy Couture, Rashad Evans e Ryan Bader, proporcionando os primeiros nocautes da carreira dos dois últimos.


Shields mostrou um bom caminho
para anular Hendo.
Quedas:

DH: O desafiante é oriundo do Wrestling, tendo representado os EUA nas olimpíadas de 1992 e 1996, mas há tempos seu foco não é mais a parte das quedas, tendo sido dominado por Jake Shields nesse quesito, na luta entre eles pelo StrikeForce, em 2010.

LM: O brasileiro tem um eficiente jogo de ataque e defesa de quedas, fruto de sua velocidade e de sua experiência em artes como o sumo, o wrestling e o caratê. Lyoto quedou Tito Ortiz, Shogun e Rampage, e é provável que consiga derrubar Hendo, que foi quedado até por Shogun em sua última luta.


Anderson Silva já finalizou Hendo.
Chão:

DH: Hendo não possui um bom chão, já foi finalizado 3 vezes (Minotauro, Minotouro e Anderson Silva) e quando não está por cima, tenta desesperadamente levantar para voltar à luta em pé. Por cima, ataca forte, com suas duras mãos, mas dificilmente busca uma posição para finalizar seus adversários.

LM: Faixa-preta de jiu-jitsu, o brasileiro sabe o que faz no chão. Controla bem por cima e pode finalizar o americano, que de costas para o chão tem nível técnico baixo.


Caminho para a vitória:

DH: Henderson, como em todas as suas recentes lutas, jogará todas as suas fichas em um golpe para nocautear o ex-campeão. Terá que ser muito preciso, pois a velocidade de Lyoto será um adversário para ele. É provável também que Hendo queira decidir o duelo no primeiro round, já que não possui o gás de outrora.

Controlar a luta por cima é o melhor
caminho para Lyoto.
LM: O carateca pode trocar com Hendo, sair ileso e vence-lo na decisão, um nocaute é improvável devido ao histórico do americano, mas o melhor caminho, sem dúvida, é derrubar o ex-wrestler olímpico e jogar por cima, aproveitando-se do seu melhor jiu-jitsu. Além de cansar o veterano, a chance de finaliza-lo é maior do que a de conseguir êxito na trocação.


Confira o card completo do UFC 157:


Card principal:
Ronda Rousey enfrentará Liz Carmouche
Dan Henderson enfrentará Lyoto Machida
Urijah Faber enfrentará Ivan Menjivar
Josh Koscheck enfrentará Robbie Lawler
Court McGee enfrentará Josh Neer
Card preliminar:
Lavar Johnson enfrentará Brendan Schaub
Michael Chiesa enfrentará Anton Kuivanen
Caros Fodor enfrentará Sam Stout
Dennis Bermudez enfrentará Matt Grice
Yuri Villefort enfrentará Nah-Shon Burrell
Brock Jardine enfrentará Kenny Robertson
Neil Magny enfrentará Jon Manley


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.