Professores de Maricá decidem paralisar atividades

Os profissionais de Educação de Maricá decidiram, em assembleia, paralisar suas atividades nas escolas por uma semana, do dia 7 a 11 de outubro. Segundo nota divulgada nesta terça-feira, eles foram obrigados a tomar a decisão motivados pela intransigência do prefeito Quaquá que há quase 4 (quatro) anos se recusa a recebê-los.

Ainda de acordo com a nota, os representantes da categoria procuraram, por vários caminhos, retomar o diálogo com o governo procurando interlocutores dentro e fora da administração, inclusive junto à Presidência da Câmara de Vereadores, porém, até agora, não obtiveram nenhuma resposta.

O desrespeito com a categoria se arrasta desde janeiro de 2009 quando teve início o trágico período de ocupação do poder público pelo PT. A carta compromisso assinada pelo prefeito Quaquá com o Sindicato dos Profissionais da Educação foi ignorada também pelo professor Marcos Ribeiro Martins, que ocupou a secretaria nos primeiros 4 (quatro) anos do governo Quaquá e hoje é o vice-prefeito.

Na última manifestação ocorrida na Praça Orlando de Barros Pimentel, em 26 de setembro, os professores decidiram procurar o prefeito diretamente e ocuparam o andar térreo do prédio da prefeitura. Na ocasião, bem como em outras passadas, o prefeito recusou-se a recebê-los usando a justificativa de que o sindicato não lhe tem respeito, devido à divulgação de uma imagem sua, pelo sindicato, caricaturado como sendo o famoso personagem fictício e mentiroso, Pinóquio.

Previous
Next Post »

1 comentários:

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment