quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Ônibus "vermelhinhos" começam a rodar no dia 18, segundo Fabiano Horta

Seria mais uma pegadinha do "desgoverno" de Maricá?


Marcelo Bessa | Itaipuaçu Site - De acordo com pronunciamento do presidente da câmara municipal, vereador Fabiano Horta, na sessão plenária desta quarta feira, os ônibus 'vermelhinhos' da empresa autárquica criada a poucos dias das últimas eleições, a EPT - Empresa Pública de Transportes, começarão a operar no município gratuitamente a partir do próximo dia 18. Alguém paga pra ver?

Vereadores batem cabeça

Durante a sessão, o vereador Adelso Pereira disse que "Maricá receberá um presente neste Natal" e afirmou que os ônibus estarão circulando pelas ruas na próxima quinta-feira, dia 18, com a tarifa determinada pelo prefeito, ou seja, R$ 2. Porém, logo após, Fabiano Horta intercedeu e corrigiu a gafe de Adelso, informando aos presentes que o serviço será gratuito.

Já o secretário interino de transportes, Luiz Carlos Santos, em entrevista concedida ao "Barão de Inohan" na última segunda-feira, informou que o setor administrativo da autarquia está funcionando desde outubro e que a parte funcional (motoristas, mecânicos e afins) encontra-se em treinamento.

Façam suas apostas...





4 comentários:

Anônimo disse...

Vou torcer muito para que essa iniciativa da prefeitura seja bem sucedida. O monopólio do transporte pelas empresas de ônibus no Estado do Rio é um câncer na sociedade que deve ser combatido com todas as forças. São eles e outros grandes interesses que financiam as campanhas políticas desses cleptocratas que há anos governam, dilapidam o patrimônio público e debocham da população.

Anônimo disse...

Oba!!!! Até que enfim!!!

Anônimo disse...

Se quer fim do monopólio, abra a cidade para outras empresas, ué. Deixe haver concorrentes. Maricá, cidade de pensamento provinciano.





Anônimo disse...

Anônimo de 12 de dez 22:44, em Maricá foi feita a licitação e somente a Amparo se interessou. Em Niterói somente as empresas que já prestavam serviço de transporte coletivo na cidade se interessaram, quando foi feita a licitação. O transporte público por ônibus no Estado do Rio de Janeiro é um clube fechado. Aqui no leste fluminense quem decide é o Setrerj, ninguém entra ou sai sem que eles decidam. É o cartel quem decide tudo nessa área e os prefeitos aceitam por que não querem brigar com essa gente que tem muito dinheiro. Exceção de Quaquá que comprou a briga, visto que a Amparo o preteriu ao candidato a prefeito do PMDB.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.