sexta-feira, 3 de abril de 2015

Ônibus 'vermelhinhos' da prefeitura já começam a dar defeito

Boa parte da frota dos ônibus "vermelhinhos" da EPT - Empresa Pública de Transportes, da Prefeitura de Maricá, já estão circulando pela cidade sem ar condicionado, segundo denúncias e reclamações.

Na manhã desta quinta feira (2), uma equipe do jornal local Barão de Inohan esteve nas proximidades do Hospital Conde Modesto Leal e, num período de aproximadamente uma hora, flagrou dois ônibus (extremamente sujos) circulando com as janelas abertas; um, vindo de Itaipuaçu e o outro, de Ponta Negra via Manoel Ribeiro. De acordo com mais informações, não há mais nenhum tipo de manutenção nos ônibus da prefeitura.


Em menos de 1 hora, dois ônibus aparecem circulando com as janelas abertas
(Fotos: Pery Salgado / Barão de Inohan)
Com informações: Barão de Inohan







3 comentários:

Anônimo disse...

É culpa da Viação Nossa Senhora do Amparo, pois segundo alguns presta um péssimo serviço, com ônibus novos, limpos, manutenção em dia, motoristas e funcionários educados. Desconfio que tem alguém na Amparo sabotando os vermelhinhos. Abre o olho Quaquá, você vai cair junto com o PT.

Anônimo disse...

A única função do vermelhinho é fazer marketing eleitoral para o atual prefeito. Não precisa de manutenção, cumprir horários ou arrecadar recursos para seu custeio. Não entendo porque ficam dando tanta importância a mais uma fanfarrice do prefeito pato. Criticar o vermelhinho é chover no molhado.

Anônimo disse...

Quando será que o Ministério Público vai embargar essa aberração do Quá Quá, aquele que, como diz o nome, está rindo de todos os contribuintes de Maricá ? Certamente o Quá Quá está caindo junto com o PT e dia 12 de Abril é o grande dia. TODOS NA RUA - FORA PT E SUA QUADRILHA DE COMUNISTÓIDES !

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.