Obra da Petrobras em Itaipuaçu prejudica turistas e moradores

A intensa movimentação de máquinas, carretas e caminhões a serviço da Petrobras, que está construindo o emissário terrestre/submarino para despejo de rejeitos químicos provenientes do Comperj, está destruindo a orla da praia de Itaipuaçu, segundo moradores e turistas.


De acordo com inúmeras reclamações, a Avenida Beira Mar está completamente avariada, repleta de buracos e bancos de areia, ocasionado constantes atolamentos de veículos.

Movimentação intensa de veículos
pesados a serviço da Petrobras
"Isso que estão fazendo aqui na nossa orla é um absurdo!", reclama um morador que no último final de semana teve seu carro atolado na Avenida Beira Mar.

Veículo atolado na orla da praia
Segundo um outro morador, trafegar pela orla durante a noite é muito perigoso. "Passear de carro na praia à noite é muito arriscado. Além da falta de iluminação e ronda precária da polícia, o risco de atolar e ser assaltado é muito grande."

Rua 60, interditada
Já a rua 60, no trecho entre as ruas 35 e 36, transformou-se num enorme canteiro de obras e os moradores estão impedidos de entrar e sair de casa com seus veículos.

Base de operações na orla da praia de Itaipuaçu










Previous
Next Post »

9 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment