Maricá: "Coronel Quaquá" descumpre ordem judicial e desafia Justiça

MARCELO BESSA :: ITAIPUAÇU SITE - O "super poderoso" prefeito de Maricá, Washington Quaquá, também presidente regional do PT, está descumprindo a decisão da Justiça que desde a semana passada determinou a paralisação de toda frota dos ônibus da EPT (Empresa Pública de Transportes). Em virtude dessa desobediência, a juíza da 1ª Vara Cível de Maricá, Luciana Estiges Toledo, fixou multa diária de R$ 20 mil pelo descumprimento da ordem judicial, sendo R$ 10 mil para a prefeitura e R$ 10 mil para a autarquia EPT e, caso a desobediência continue, os ônibus poderão ser apreendidos.

Em contrapartida, Quaquá, em discurso populista, desafiou a justiça dizendo que os "vermelhinhos" - como são conhecidos os ônibus da EPT na região - não vão parar, alegando que a paralisação dos mesmos traria sérios prejuízos à população.

Ainda munido de sua ira, Quaquá direcionou "seus canhões" contra as empresas privadas concessionárias - Nossa Senhora do Amparo e Costa Leste - que há anos prestam serviço de transporte público na região. Em ato público, na primeira hora da manhã desta segunda-feira (27), no terminal rodoviário da cidade, mandou lacrar e rebocar alguns ônibus das empresas que estavam estacionados. Declarou ainda que vai cassar as concessões dessas empresas, cuja validade é até 2020. Segundo ele, elas têm prestado péssimo serviço à população.

No entanto, segundo a própria população, quem presta um péssimo serviço é a própria EPT, cujos ônibus rodam sem nenhuma manutenção, sujos e, devido a poucas unidades em sua frota (apenas 13 veículos), demoram bastante no atendimento aos passageiros.

Segundo comentários e opiniões de alguns advogados e juristas consultados pelo ITAIPUAÇU SITE, Quaquá está sendo inconsequente e agindo sem nenhum respaldo legal. Além disso, tal descumprimento atenta contra a dignidade da Justiça:

"Os atos desse prefeito estão desmoralizando a justiça brasileira. Tem-se que tomar uma atitude enérgica contra este cidadão."

"O presidente da EPT, que é um delegado de polícia, não pode descumprir a lei emanada do poder judiciário."

"Quaquá está se aproveitando da morosidade da justiça..."

De acordo com a decisão da Justiça, o prefeito de Maricá atropelou a própria Lei Orgânica Municipal que garante linhas exclusivas às operações e explorações das empresas concessionárias. Confira aqui a íntegra da decisão do desembargador Pedro Raquenet.

Assista, a seguir, ao vídeo gravado pelo jornalista Walter Monteiro, do "Diário da Vila", com a entrevista do prefeito Quaquá concedida a uma emissora de TV, durante o ato desta manhã:







Previous
Next Post »

5 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment