Maricá parou para ver "CQC" denunciar suposta "maracutaia" com dinheiro público; assista ao vídeo

Mais de 68 mil reais provenientes dos cofres públicos de Maricá têm sido gastos mensalmente em aluguéis de "contêineres", utilizados como salas de aula em escolas situadas no distrito de Itaipuaçu. A denúncia foi veiculada em rede nacional, na noite desta segunda-feira (06), durante o programa CQC - custe o que custar - da TV Band, no quadro "Proteste Já".

De acordo com a reportagem, o dinheiro em questão, gasto pela prefeitura, poderia ser usado para construir novas salas de aula ou reformar várias escolas. Ainda segundo a matéria, especialistas da área educacional desaprovam a utilização de "contêineres" como "módulos educacionais". Outra questão abordada foi em relação à promessa dos gestores de que seriam construídas salas de alvenaria e que tais "módulos", utilizados "provisoriamente por um prazo de 120 dias", seriam devolvidos à empresa locadora. Porém, o prazo já está quase expirando e nenhuma obra foi iniciada. Conforme declaração de uma arquiteta da secretaria de Educação, as obras ficarão prontas no início do ano que vem.

Depois de entrevistar pais de alunos, representantes da comunidade e técnicos no assunto, o repórter do CQC, Juliano Dip, foi até a sede da prefeitura no centro de Maricá para entrevistar o prefeito Washington Quaquá, que não apareceu. Segundo informações, o prefeito estava em seu gabinete, juntamente com seu vice e também atual secretário de Educação, Marcos Ribeiro, mas ambos não quiseram atender o repórter.

Assista ao vídeo relacionado a esta reportagem:






Previous
Next Post »

2 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment