segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Detran não emplaca micros vermelhinhos, pois estão sem nota fiscal

Uma informação que chegou à nossa redação na manhã desta segunda-feira 25 de janeiro dá conta que os 10 micros vermelhinhos que chegaram em compra emergencial no mês de setembro passado, AINDA NÃO TERIAM SIDO PAGOS à revenda do Mato Grosso do Sul, que atende à todas as prefeituras do PT, o que pode ser um grande esquemão de lavagem de dinheiro.

Prefeito mandou os 10 vermelhinhos para
frente da Câmara no dia 30 de dezembro mas só
confirmou nossas denúncias: sem nenhuma
identificação e sem emplacamento
Os 10 micros, segundo informações vindas de dentro da EPT (Empresa Pública de Transporte), ainda não teriam sido pagos, motivos pelo qual a revenda não teria dado a nota fiscal de quitação da compra, documento este exigido pelo DETRAN para o emplacamento dos veículos. Por esse motivo os veículos até hoje não foram emplacados e muito menos adesivados, pois podem ter que voltar à revenda a qualquer momento.

No dia 30 de dezembro o presidente da Câmara devolveu aos cofres do município R$ 2.240 mil, que segundo o prefeito seriam para comprar mais 10 micros. Sugerimos que usem este dinheiro para pelo menos pagar os primeiros 10 que já estão em Maricá desde setembro ainda sem servir a municipalidade.

Quando essa EPT começará a fazer um trabalho real se serviço à população?

É bom lembrar que dos primeiros 13 ônibus da frota, apenas 5 estão circulando hoje, de modo precário e sem o documento do Detran de 2015, pois todos foram reprovados em vistoria.

Fonte: Barão de Inohan



2 comentários:

Alvaro Matias disse...

???????., Vai saber!!.

Anônimo disse...

Deveriam utilizar o dinheiro devolvido pela câmara de vereadores para melhorar as condições do hospital municipal. ""Que sabemos que anda mal das pernas"" he..he..""Com esses ônibus não se consegue fazer o hospital andar melhor""..he..he..he..

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.