Prefeitura de Maricá faz pouco caso com vítimas do "Minha Casa, Minha Vida"


Maricá - O dia seguinte ao temporal que arrasou o condomínio Carlos Marighellla, do programa "Minha Casa, Minha Vida", nesta terça-feira, em Itaipuaçu, foi marcado por muita tristeza e solidariedade da população. O nível da água havia aumentado e muitos "beneficiários" perderam praticamente tudo, entre roupas, veículos, aparelhos eletrodomésticos e até documentos.

Moradores solidários improvisam barcos
e botes para resgatas as vítimas do temporal
(Foto aérea: R7)
De acordo com relatos de moradores e reportagens de algumas emissoras de TV que estiveram no local durante todo o dia, nenhuma equipe da Prefeitura de Maricá (PT) foi avistada para ajudar as vítimas. Por outro lado, moradores de vários bairros, desde cedo, estavam no local tentando ajudar a retirar crianças, idosos, deficientes e animais que estavam ilhados, através de botes. Centenas de pessoas deixaram o local apenas com a roupa do corpo.

Apesar da intensidade do temporal e da enchente que inundou diversos bairros da região deixando centenas de famílias desabrigadas, segundo informações oficiais, felizmente, em Maricá, não foi registrada nenhuma morte.

Confira, a seguir, na reportagem produzida pela TV Record:




Previous
Next Post »

6 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment