sábado, 28 de setembro de 2013

Jovem turista russo é assassinado a tiros em Maricá

A violenta cidade de Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, fez mais uma vítima durante a madrugada deste sábado (28). Dessa vez, um jovem turista russo de apenas 17 anos foi, misteriosamente, assassinado a tiros no bairro do Recanto, em Itaipuaçu.

Por volta das 9 horas da manhã o corpo do turista foi descoberto, caído às margens do Canal da Costa. Segundo informações, o jovem morto, identificado como Sergey Petrovick Danshin, estava há apenas dois dias no Brasil. Na última quinta-feira (26), ele, quatro amigos e um professor desembarcaram no Rio de Janeiro e foram para a casa de um outro amigo, no Recanto, a fim de passarem juntos o final de semana.

Ainda de acordo com outras informações, na noite desta sexta-feira (27), a vítima encontrava-se com os amigos num bar, bem conhecido, que fica nas proximidades do suposto local do crime. Num determinado momento, ele e o grupo de amigos voltaram para a casa onde ambos estavam hospedados. Porém, depois de todos irem dormir, Sergey resolveu voltar sozinho para a rua.

A perícia ainda não foi concluída, mas, segundo policiais, a vítima levou três tiros. Um deles, na cabeça. No bolso do rapaz foram encontrados um telefone celular, cigarros, um isqueiro e um cartão de crédito que, após verificação, pertencia a ele próprio.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itaboraí e a embaixada da Rússia no Brasil já foi informada sobre o crime.

Cidade violenta

De uns tempos pra cá, porém não muitos, dezenas de crimes com morte têm acontecido em todo o município de Maricá. Em apenas duas semanas, incluindo-se o assassinato desta madrugada, já são três crimes.

Na quarta-feira da semana passada, o corpo de um empresário, sequestrado dias antes dentro da sua residência em Itaipuaçu (Maricá), foi encontrado carbonizado no meio de um matagal no bairro de Maria Paula (Niterói/ São Gonçalo). Esta semana, na quarta-feira (25), a vítima foi um ex-candidato a vereador das eleições passadas, morto a tiros  no instante em que chegava em seu sítio, em Bambui (Maricá).

4 comentários:

Anônimo disse...

Onde está o CCS de Maricá?. Vamos agir, Meninas Superpoderosas, é hora de tirar o nome CCS debaixo do braço e partir para as ações.

Anônimo disse...

Ja passou da hora das autoridades tomar providencias colocando mais policiais, e agindo com rigor nas ruas para inibir tanta violencia que esta crescendo a cada dia em uma cidade que era muito tranquila.

Anônimo disse...

É necessário aumentar o efetivo policial em Itaipuaçu. Bairros como a Rua Um e Recanto não podem se tornar paraíso da bandidagem, assim como os outros bairros de Itaipuaçu. A cidade é pequena. Se policiais andassem a paisana por essas áreas íam acabar com a bandidagem em Itaipuaçu acabando com o mal pela raiz. Bandido pra mim não passa de um frouxo que não tem culhão pra trabalhar e ganhar dinheiro, aí tem que roubar e matar gente de bem, justamente porque é frouxo e derrotado. Cadeia e porrada nelas.

Anônimo disse...

Marcelo, vou levantar uma hipótese, muitos vão rir, mas não é impossível: máfia russa em terreno socialista bolivariano. Estará o prefeito metido com russos? Que coincidência um russo em Maricá...

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.