Obras da prefeitura estão paradas em Itaipuaçu e o povo quer saber aonde foi parar o dinheiro

Diversas placas de anúncio de obras da prefeitura, que não foram realizadas, estão espalhadas em várias localidades do distrito de Itaipuaçu, em Maricá, litoral norte do Rio.

A obras foram anunciadas à população no início do ano, depois do carnaval. O prefeito da cidade, Washington Quaquá, acobertado pelos vereadores - que o protegem ao invés de fiscalizá-lo, prometeu, em algumas reuniões com eleitores, urbanizar os bairros do Barroco, Costa Verde, Itaocaia, Rincão Mimoso, Morada das Águias, São Bento da Lagoa e algumas ruas do Jardim Atlântico, entre elas a Rua 36. Mas, até a data das eleições, só foram enterradas algumas manilhas em pontos estratégicos, sem nenhum planejamento, apenas para ludibriar os moradores, fazendo-os crer que as obras estariam em pleno curso.

Hoje, passado o pleito eleitoral e Quaquá tendo conseguido alcançar parte de seu objetivo, elegendo a sua mulher (Zeidan) a deputada estadual e o seu braço direito na câmara, o vereador Fabiano Horta a deputado federal, o que se vê pela cidade é muito entulho e restos de materiais, comprados com dinheiro público, se deteriorando às margens dos canteiros e nenhuma obra realizada.

Na Praça Pescador Hipólito, no bairro Recanto, por exemplo, há uma placa de obra da prefeitura com as especificações técnicas para a urbanização da praça, com valor total de R$ 141.307, 67, cuja obra deveria ter sido iniciada em 11 de março. O prazo de conclusão era de 6 meses. Portanto, tal obra deveria ter ficado pronta em setembro, mas até agora nada.

No Barroco, bem próximo à praça, há uma placa específica para obras de urbanização que seriam realizadas em todo o bairro com valor global de R$ 5 milhões e que deveriam ser iniciadas no dia 21 de julho com prazo de término de 6 meses, e até agora não foi sequer iniciada. O mesmo acontece no bairro da Costa Verde, onde há um canteiro de obras na beira da lagoa, supostamente abandonado. A obra foi orçada em quase R$ 3 milhões.

Outra frente de obra anunciada para urbanização dos bairros de Itaocaia, Rincão Mimoso, Barroco, São Bento da Lagoa e Morada das Águias, com custo de quase 5 milhões também caiu no esquecimento, pois o prazo vence agora no próximo dia 14.

Tudo leva a crer que durante esse período, o prefeito e sua "turma" retiraram dos cofres públicos cerca de R$ 14 milhões só para obras em Itaipuaçu, que não aconteceram, mas que certamente foram utilizados para outros fins.

Confira nas fotos a seguir a ilustração dos desperdícios e improbidades do poder público de Maricá, expostas nesta reportagem:










Reportagem e fotos: Marcelo Bessa






Previous
Next Post »

4 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment