quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Aeroporto: Anac é impedida de vistoriar aviões em Maricá

Na manhã desta terça-feira (29), técnicos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) estiveram no Aeroporto de Maricá para vistoriar aeronaves. Mas, segundo informações, os mesmos foram impedidos pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula, que teria alegado como justificativa a não obtenção de autorizações junto aos proprietários dos aviões.

Fios cortados

De acordo com outras informações, logo após o prefeito Quaquá decretar o fechamento e a interdição da pista do aeroporto no dia 11 de setembro através do Decreto 171, todas as câmeras de segurança do pátio e dos hangares tiveram os fios deliberadamente cortados. No entanto, não se sabe se por esquecimento ou desleixo, uma delas ficou intacta e o conteúdo gravado desse equipamento encontra-se em poder do Ministério Público. O material pode revelar, além da suposta movimentação constante de veículos da Guarda Municipal na pista, a possível aproximação e arremetida do avião que caiu e matou o piloto Adelmo Louzada e o juiz Carlos Alfredo Flores da Cunha, no dia 21 de outubro.

Confira outras reportagens deste caso:

Duas mortes na tarde desta segunda-feira em mais uma queda de avião em Maricá

Fatos novos revelam que pode haver fortes indícios de crime na queda do bimotor em Maricá

Comissão de Segurança do TJ investiga queda de avião em Maricá

Avião bimotor, destroçado, é retirado d'água e será periciado

Piloto relata ameaça durante voo no aeródromo de Maricá

Pilotos fazem denúncia de bloqueio em pista de voo

Aeroporto: Quaquá recua seus peões; justiça avança

Envolvidos no acidente em Maricá serão chamados, segundo nota da Polícia Civil

Polícia tem gravações que podem comprovar que bimotor tentou pousar em Maricá

Piloto ameaçado registra ocorrência na Polícia

Pilotos acusam prefeitura de sabotagem no Aeroporto de Maricá

2 comentários:

Zu Campus disse...

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) é uma agência reguladora federal. O órgão tem o status legal de autarquia especial, vinculada à Secretaria de Aviação Civil por meio da medida provisória nº 527/2011, o que significa que, legalmente, o órgão possui mais autonomia administrativa e financeira do que um órgão diretamente ligado à administração direta do governo federal.
Regulação técnica[editar]
No âmbito técnico, a Agência é responsável por assegurar que o transporte aéreo seja realizado dentro de padrões mínimos de segurança da aviação civil.
Em Língua portuguesa e no contexto da aviação, a palavra "segurança" engloba dois aspectos que são separados na terminologia inglesa: a segurança de voo, designada pela palavra "safety", e a proteção contra atos ilícitos ("security", em inglês).
Resta-nos averiguar a razão dos representantes do prefeito terem proibido a entrada da ANAC no aeródromo de Maricá.
Algo podre no Reino do Quaquá?????
Sabe-se que pessoas da prefeitura estiveram no aeródromo na véspera do 1o. acidente, quando morreu um piloto.
O prefeito....no auge de sua insanidade mental ou arbitrariedade em conjunto com sua truculência que no sé tão familiar, fechou o aeródromo e desde então, começou a colocar em risco todas as aeronaves que aqui precisassem aterrissar...como aconteceu com a aeronave que acabou caindo na lagoa e matando duas pessoas.
O prefeito está tentando ganhar tempo?
As escolas de aviação tinham alvará de funcionamento...caçado por ele mesmo quando - na pior das das hipóteses- vendeu o que ele chama de propriedade da prefeitura- sabe-se lá para quem....e por quê...e por quanto.....
A população de Maricá---cega por natureza, vendida por opção, se cala sem defender as escolas..porque está tão vendida com bolsas família, laptops, tablets e ônibus com ar condicionado e wifi..que não tem tempo , nem disposição para denunciar todas as falcatruas existentes.
Resta a nós...a pequena parcela de seres pensantes, ficar à mercê de sermos mortos por estarmos escrevendo sobre os assuntos que desagradem ao senhor todo poderoso Quaquá... filhote do PT....que viveu Às custas do partido até passar a viver às custas da população.
São 14 anos morando nesse lugar, onde decididamente, tenho nojo de quem administra...nojo e a sensação de impotência que atualmente vivemos no nosso país.
Essa pequena célula chamada Maricá...é apenas um pequeno reflexo do país que vive uma ditadura silenciosa.....onde o medo é pior do que aquele vivido na época da ditadura militar.
Então...morreu um juiz..não foi "apenas" um piloto.....que ninguém deu a mínima importância.
Aonde está o Ministério Público e o Tribunal de Justiça?Porque a polícia já está vendida mesmo....quem poderá nos socorrer? A ONU? Ou qualquer outro Órgão Internacional de Direitos Humanos?




Anônimo disse...

Zu, o seu comentário nos traz uma triste realidade, pois o país esta sendo governado por um sistema estabelecido pelo mensalão de José Dirceu que aprisiona o povo na miséria, pensei q as manifestações de junho fosse mudar alguma coisa, porém a mídia comprada preferiu destacar apenas os vândalos, ou seja, não sabemos mais quem ganha com esse sistema podre, basta de desgoverno.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.