Delegado indicia prefeito de Maricá pela morte de juiz

Reportagem :: Marcelo Bessa

Exclusivo - O delegado Julio Cesar Mulatinho da 82ª DP (Maricá-RJ) entregou ao Ministério Público, na última quarta-feira (19), o inquérito das investigações sobre a morte do juiz estadual Carlos Alfredo Flores da Cunha e do piloto e instrutor de voo Adelmo Louzada de Souza, ocorridas no dia 21 de outubro do ano passado quando, por volta de 16h30, o avião bimotor em que eles estavam caiu na Lagoa do Marine, próximo ao Aeroporto de Maricá.

Delegado Julio Cesar Mulatinho da 82 DP de Maricá
(Foto: Ricardo França /  reprodução)
O inquérito indicia o Prefeito de Maricá Washington Quaquá, presidente regional do PT, o Secretário do Desenvolvimento Econômico Lourival Casula, também do PT, o Secretário de Segurança Pública Fabrício Bittencourt, cabo da Polícia Militar do Rio de Janeiro, e todos os agentes e guardas municipais envolvidos no trágico episódio, conforme os artigos 258 e 261 do Código Penal.

A promotora Clarisse Lagoeiro de Magalhães Lourenço, titular da 3ª Promotoria de Justiça de Maricá, é a responsável por avaliar o inquérito, que tem cerca de 300 páginas, e decidirá se oferece denúncia à Justiça.

Entenda o caso acessando as reportagens nos links a seguir:

Avião cai e morrem dois, em Maricá

Fatos revelam que pode haver fortes indícios de crime na queda do bimotor em Maricá

Comissão de Segurança do TJ investiga queda de avião em Maricá

Pilotos fazem denúncia de bloqueio em pista de pouso

Ministério Público está a favor dos pilotos






Previous
Next Post »

11 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment