20 de agosto de 2018

Candidatura de Quaquá é impugnada, segundo Jornal Extra

Mais um "felizardo" teve a sua candidatura impugnada. Agora foi a vez de Whashington Luiz Cardoso Siqueira, o Quaquá (PT), candidato a deputado federal. A petição de registro de impugnação foi protocolada na última sexta-feira (17) pela coligação "Juntos pelo Rio", formada pelos partidos Podemos e PR.
A ação foi tomada com base em quatro processos em que o ex-prefeito de Maricá foi condenado por improbidade administrativa.
Fonte: Extra (Berenice Seara)

Marcadores: ,

13 de agosto de 2018

Prefeitura de Maricá, mais uma vez, retifica edital do Concurso Público

No Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura de Maricá retificou novamente o Concurso Público que objetiva a contratação de 603 profissionais de todos os níveis de escolaridade. Este certame tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado.
Houve a redistribuição de vagas no cargo de Fiscal de Vigilância Sanitária, que passa a ofertar chances em diferentes áreas de atuação. Além disso, o conteúdo programático e os requisitos básicos exigidos de alguns cargos foram modificados.
Com jornadas de trabalho de 15 a 40 horas mensais e remunerações entre R$ 1.874,88 e R$ 9.185,40, as vagas são para os cargos de Docentes I nas disciplinas de Artes (13); Ciências Físicas e Biológicas (18); Educação Física (30); Geografia (15); Matemática (23); História (14); Língua Estrangeira Inglês (8) e Língua Portuguesa (29); Inspetor Escolar (14); Orientador Pedagógico (25); Orientador Educacional (21); Assistente Social (12); Profissional de Educação Física (4); Enfermeiro (2); Fisioterapeuta (5); Fonoaudiólogo (5); Nutricionista (1); Pedagogo (3); Psicólogo (12); Terapeuta Ocupacional (4); Contador (7); Fiscal de Vigilância Sanitária - Enfermeiro (1); Fiscal de Vigilância Sanitária - Nutricionista (1); Fiscal de Vigilância Sanitária - Odontólogo (1); Auditor - Ênfase em Controle Interno (3); Fiscal de Tributos (28); Analista de Controle Interno (1); Procurador do Município - Nível I (3); Docente II (225); Técnico de Enfermagem (4); Técnico em Contabilidade (3); Agente Administrativo (4); Fiscal de Posturas e Transportes (9); Fiscal de Obras e Meio Ambiente (14) e Técnico de Apoio ao Controle Interno (5).
Os candidatos interessados podem garantir participação até às 12h do dia 3 de setembro de 2018, exclusivamente via internet, por meio do endereço eletrônico www.coseac.uff.br. As taxas de participação cobradas variam de R$ 50,00 a R$ 140,00.
Estas funções estão distribuídas entre as seguintes unidades: Secretarias Municipais de Educação, de Assistência Social, de Saúde e de Planejamento Orçamento e Gestão, Controladoria Geral do Município e também Procuradoria Geral do Município.
Vale lembrar que, dentro do total de oportunidades ofertadas, há aquelas que são exclusivas para candidatos que se enquadram nos itens especificados no edital completo e demais documentos já disponibilizados para consulta em nosso site, na íntegra.
Como forma de qualificar os concorrentes, serão aplicadas Provas Objetiva, de Redação, Discursiva, Dissertativa e de Títulos, conforme a função escolhida. As Provas Objetivas estão previstas para o dia 30 de setembro de 2018 e 14 e 21 de outubro de 2018. Para lhe auxiliar nos estudos, adquira as Apostilas Digitais específicas em nosso site.


Marcadores: , , ,

2 de agosto de 2018

Porto de Jaconé: Audiência Pública na ALERJ favorece ambientalistas e deixa sonho dos políticos locais mais distante

Saquarema e Maricá tiveram mais uma estrondosa vitória, desta vez na Audiência Pública realizada nesta terça-feira (31/07) no plenário da ALERJ em desfavor do projeto TPN apresentado pela empresa santista DTA.

Segundo depoimentos de populares, foi um massacre. Os favoráveis à construção do Porto focaram seus argumentos na geração de empregos pela suposta vocação local à cadeia produtiva do petróleo, além de provocarem tumultos com discursos de palanque, entre os quais o ex-prefeito de Maricá Washington Quaquá, atual presidente regional do Partido dos Trabalhadores (PT).

De outra face, presentes em grande número, moradores de Saquarema, Maricá e membros do
movimento "SOS Jaconé Porto Não", apresentaram, através de autoridades renomadas nas questões ambientais, argumentos técnicos ressaltando os impactos negativos exemplificados por outros megaempreendimentos similares, como os casos de Macaé, Porto do Açu, TKCSA, entre outros, enfatizando outras possibilidades de geração de empregos através do turismo e da pesca, preservando assim o patrimônio ambiental, geológico e histórico da região.

Os pontos cruciais da audiência e que, ao que parece, enterraram de vez o projeto DTA, foram os argumentos apresentados pelo ecologista e professor Sérgio Ricardo e em seguida pelo Dr. Paulo Hargreaves que falou da importância dos beachrocks para a região e à humanidade, dos impactos nas praias, nas correntes marítimas e na vida da população local.

"O governo do Estado e a Prefeitura de Maricá, em uma parceria irmã com a DTA, passaram vergonha defendendo esse projeto indefensável. Como o outro estudo (EIA) teve muitas críticas bem fundamentadas, inclusive pelo Ministério Público, eles resolveram chegar nessa audiência, pasmem, com um NOVO projeto, de surpresa. O Movimento 'SOS Jaconé Porto Não' exigiu então que se faça um novo estudo para um novo licenciamento, afinal o projeto mudou, não se pode ir contra a legislação ambiental!", Escreveu Marcia Benevides Leal, moradora de Itaipuaçu, em sua página do Facebook.

Confira a seguir, o vídeo com o discurso do Dr. Paulo Hargreaves durante a Audiência Pública na ALERJ:

Marcadores: , , , , , , , , ,