31 de março de 2013

Feijoada da Grande Rio azedou

Mais um desperdício de dinheiro público aconteceu durante a tarde/noite deste sábado no centro de Maricá.
Tanto a feijoada oferecida pela Prefeitura através de alguns barraqueiros quanto a apresentação de alguns componentes da bateria da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, foram um verdadeiro fracasso.

Um grande aparato da secretaria de segurança, de transportes e da guarda municipal foi visto transitando desde cedo no entorno da praça Orlando de Barros Pimentel, mas os moradores mostraram-se indiferentes ao evento.

Os componentes da Grande Rio subiram ao palco por volta das 21h, cheios de empolgação, com algumas
Poucas pessoas transitaram no local
mulatas de plumas e paetês, mas, uma hora depois, detectando a pouca importância dada a eles pelo público, que limitou-se a transitar normalmente na frente do palco, nitidamente à espera do show da cantora Fernanda Abreu, terminaram sua apresentação bem mais cedo do horário previsto.

O Prefeito da cidade, a fim de dar continuidade ao seu projeto eleitoral de 2014, já anunciou que o evento continuará mensalmente. Segundo comentários de alguns comissionados da Prefeitura que compareceram ao local, a chuva atrapalhou.

Marcadores: , , , ,

Fernanda Abreu empolga a galera de Maricá com show inesquecível


Cerca de 2 mil pessoas foram à praça Orlando de Barros Pimentel no centro de Maricá no fim da noite chuvosa deste sábado de aleluia para assistir ao magnífico espetáculo proporcionado pela cantora Fernanda Abreu e sua excelente banda.

Muito simpática, a cantora conquistou o público logo nas primeiras músicas de seu 'set list'.

"Boa noite Maricá! Infelizmente, no carnaval eu não pude vir, pois passei mal. Fiquei super nervosa. 30 anos
de carreira e nunca tinha faltado a nenhum show na minha vida...mas agora estou aqui!", disse a cantora dirigindo-se ao público, logo após a sua música de abertura, "Jorge da Capadócia", deixando a platéia bem animada.

Fernanda Abreu fez um belíssimo show. Além do seu carisma e talento, e da apresentação impecável de seus músicos, com destaque da cantora backin' vocal Flavia Santana e do super guitarrista Fernando Vidal, sua equipe de técnicos de som e iluminação deram um tom especial ao espetáculo.

Apesar da chuva, que, momentos antes do início do show, molhou toda a cidade, o público pôde curtir bastante, cantando e dançando o tempo todo os sucessos atuais e antigos da cantora, como Kátia Flávia, Você pra mim, Rio 40 graus, Veneno da Lata, entre outros. Os fãs também adoraram quando Fernanda apresentou uma linda versão de "A dois passos do Paraíso", numa homenagem sua à Blitz, banda que a projetou no cenário musical no início dos anos 80.

"Que maneiro ver a Fernanda assim de pertinho. Adorei! Espero que ela volte aqui mais vezes.", comentou Clarissa, de 16 anos, moradora de São José de Imbassaí.

Marcadores: , , , , , ,

29 de março de 2013

Diretoria da Grande Rio está rindo à toa

Segundo a nota divulgada na manhã desta sexta-feira (29) pelo jornalista Fernando Molica no jornal O Dia, está sobrando dinheiro em Maricá. Diz a nota: "O dinheiro anda sobrando em Maricá. Os vereadores de lá aprovaram uma subvenção de R$ 3 milhões para a Grande Rio. Em 2014, a escola vai homenagear o município. A prefeitura, do petista Washington Quaquá, diz que o patrocínio ajudará a captar investimentos externos."

Revolta na cidade

A população maricaense ficou revoltada com o prefeito Washington Quaquá e os seus vereadores após a divulgação da notícia da aprovação, na câmara municipal, de um patrocínio à escola de samba do município de Caxias na ordem de R$ 3 milhões.

Na rede social Facebook, os internautas têm expressado veementemente sua desaprovação. Nas ruas, nos botecos e nas esquinas os moradores não se conformam com tamanha "maluquice". Para muitos, o prefeito Washington Quaquá surtou e está precisando de tratamento psiquiátrico urgente.

De acordo com outros comentários, o prefeito e os vereadores não estão nem um pouco preocupados com os problemas do município, principalmente na área da saúde, e já pensam nas eleições de 2014, onde o foco será a eleição da mulher do prefeito, Rosângela Zeidan a uma vaga na Alerj. Ainda segundo boatos, o prefeito Quaquá está pensando além do inimaginável e também pretende concorrer a deputado federal.

Samba do crioulo doido

A campanha dos petistas de Maricá começa já neste sábado de aleluia. O prefeito promove, no centro da cidade, uma grande festa denominada "Feijoada da Grande Rio", onde será oferecida à população uma grande feijoada regada a muita cerveja e muito samba, com alguns componentes da bateria da escola de samba de Duque de Caxias.

Enquanto isso, desde o decorrer da semana, quando foi divulgada, oficialmente, a epidemia de dengue no município, o hospital Conde Modesto Leal encontra-se um verdadeiro caos, com pacientes com sintomas da doença chegando a todo instante, mas não conseguem sequer fazer um exame de plaquetas.

Marcadores: , , , , , , , ,

Concit convoca diretoria

O Concit (Conselho Comunitário de Itaipuaçu), através de seu presidente, em nota a seus associados esta semana, convocou a sua diretoria para uma reunião que será realizada no dia 7 de abril às 9h, em sua sede situada no Espaço Comunitário Beto Lima.

Segundo a nota, a reunião tratará de diversos assuntos, entre os quais, a seguinte pauta principal:

1) Prestar contas das providencias desenvolvidas para a consolidação do CONCIT.
2) Discutir sobre os projetos e pedidos formulados ao Poder Público Municipal.
3) Apresentação do sistema de arrecadação do CONCIT.
4) Lançamento das Inscrições para o quadro de CONSELHEIROS-ASSOCIADOS.
5) Propostas dos Diretores
6) Rádio Comunitária

De acordo com informações do seu presidente, Adilson Maués, nessa reunião não será constituído plenário para votação de matérias.

Marcadores: , , ,

O surgimento dos aproveitadores de ocasião

Por Cleber Fernandes / Capítulo III  - Na década de 30 a política fervia em todo o Brasil e com muitos reflexos na região de Maricá. No País, existiam dois partidos políticos que eram considerados os mais importantes e fortes, A Ação Integralista Brasileira e o Partido Comunista Brasileiro, este último sempre muito perseguido pelo então Presidente Getúlio Vargas. Após o final da Segunda Guerra Mundial, Getúlio Vargas se sentiu obrigado a abandonar o Integralista e ambos os partidos, Integralista e Comunista foram praticamente esvaziados, restaram apenas partidos espúrios e sem ideologia politica alguma, apenas oportunistas de ocasião.
O sudeste do Estado do Rio de janeiro, composto pelas cidades da Região dos Lagos, se tornava a cada dia mais progressista, com desenvolvimento bastante acentuado na Agricultura, Pecuária e Pescado, na Produção de Sal, Farinha de Ostras, Culturas de Café e Cana-de-Açúcar, sem contar com a grande expansão na Construção Civil e no Turismo da Região.

Para continuar com coerência preciso voltar um pouco na história para que possamos entender o progresso de nossa região e o porque do surgimento de pessoas apenas interessadas em usufruir financeiramente e politicamente de tudo que Deus colocou na natureza e que aos poucos foram sendo destruídas por interesses políticos, comerciais e oportunistas.

A construção oficial das atuais Rodovias RJ - 106 e RJ – 104 datam do final dos anos 30 e início dos anos 40, mas existem vários textos que narram que já na época do Império, em torno de 1865, D. Pedro II, a Princesa Isabel e seu marido, D. Luiz Felipe Maria Fernando Gastão de Orleans, o Conde D'Eu e toda a Côrte Imperial já utilizavam a estrada inaugurada por D. João VI, estrada esta que vinha de Vila Real (Niterói), entre as serras e montanhas até a nossa região, para as temporadas de veraneio e para atender e cumprir alguns interesses e compromissos políticos e econômicos. Temos narrativas que a Família Imperial se hospedava esporadicamente na Fazenda do Pilar e bem antes disso, D. Pedro I, algumas vezes se utilizou da Fazenda Itaocaia para encontros amorosos com a Marquesa de Santos, bem como, a Fazenda de São Bento da Lagoa que recebeu muitos membros importantes da realeza , da politica e do comercio daquela época.

Vale lembrar que à época do descobrimento o interesse do Rei de Portugal já era grande no que diz respeito as riquezas naturais de nossa explorada e consumida região e documentos da época narram que o Rei constantemente autorizava explorações e o envio de comitivas para cá, visando a descoberta de novas riquezas.
A riqueza da pesca era uma das mais cobiçadas e manuscritos religiosos relatam que em 1584 o Padre José de Anchieta, Primeiro Ministro Religioso a pisar em solo Maricaense, às margens da Lagoa de Araçatiba promoveu uma dos episódios mais interessantes da história da pesca de Maricá, que foi a chamada “ Pesca Milagrosa”, e conta a narrativa que ele antecipava aos Índios que tipo de peixe seria pescado e esta pesca foi tão abundante que a praia da Lagoa ficou lotada de homens para realizarem o salgamento dos peixes recolhidos naquela passagem histórica. Hoje em dia ainda existe uma Cruz onde ele rezou a primeira missa em nosso solo.

A riqueza da Cana de Açúcar e do Cultivo do Café foram impulsionados pela chegada da mão de obra escrava que foi muito utilizada pelos Senhores de Engenho a época. Aos olhos do Rei, como já citei anteriormente, Maricá era uma região importante e graças ao trabalho sofrido dos escravos se tornou mais produtiva e progressista. Quem quiser ainda poderá vislumbrar na Fazenda Itaocaia, senzalas e muitos grilhões onde estes escravos eram humilhados e mal tratados por seus “Senhores”.

A Linha Férrea e as Estações Ferroviárias já existentes, somada a construção da Rodovia, definitivamente impulsionaram o crescimento da Região dos Lagos.

Concomitante ao progresso e ainda falando do século XIX, no inicio da República, o interesse de alguns brasileiros sobre o petróleo já começava a aparecer e produzir articulações, atitudes e movimentação na exploração do produto no Brasil e com os investimentos autorizados, o Fazendeiro Eugênio Ferreira de Camargo, iniciou no Brasil e mais pontualmente falando, na Bacia do Paraná, a exploração deste óleo que hoje em dia é uma das maiores riquezas do Brasil e do mundo, senão, ainda a maior entre todas as riquezas econômicas mundiais. Foi uma tentativa frustrante pois dizem que só foram recolhidos dois barris de petróleo apesar da perfuração de cerca de 500 metros de profundidade. No inicio do século XX, o governo e os órgãos públicos começaram a realizar explorações para tentar identificar locais que seriam ricos neste valioso fóssil liquido, mas somente em 1919 começaram realmente as sondagens e prospecção deste produto pelo governo brasileiro de Epitácio Pessoa.

Vários grupos internacionais interessados estiveram pelo Brasil explorando à procura de petróleo e somente algumas décadas depois, por volta de 1938 é que foram criadas leis onde somente os brasileiros poderiam explorar tal produto, com a criação do Conselho Nacional de Petróleo, CNP. Cerca de um ano depois na Bahia, mas precisamente em Lobato, era descoberto o Petróleo Brasileiro, por Oscar Cordeiro e Manoel Inácio Bastos e o Poço de Candeias começou dois anos mais tarde a produzir o óleo.

Propositalmente, eu fiz uma rebuscada na história justamente para poder enriquecer os comentários em relação aos aproveitadores de ocasião que a partir do progresso da região começaram a se instalar e alguns nem se instalaram, só vinham periodicamente buscar o resultado financeiro de suas investidas em terras e produções tiradas desta terra que aqui eram fartas. Estes aproveitadores “Grileiros” se apoderaram de muitas terras, não só na região de Maricá, como também em grande parte da Região dos Lagos e Norte Fluminense, que foram aos poucos sendo abandonadas pelo acontecimento dos óbitos de seus proprietários e fundadores e que acabaram ficando para os herdeiros que simplesmente por acharem a região afastada demais do centro do Rio de janeiro, deixaram sem cuidados e sem a manutenção necessária à sua valorização, tornaram-se inadimplentes com os impostos e tudo mais e sabe-se que muitos milhares de pessoas interessadas em investir e comprar terrenos na região foram ludibriadas por estes aproveitadores, que ainda hoje estão presentes por aqui, eles, os aproveitadores, venderam terras que não existiam, venderam terras que já tinham outros proprietários e muitas terras que até hoje são pura e simplesmente posse e sem qualquer registro, terras estas que vem há muito tempo passando de pessoa para pessoa através de “Contratos de Gaveta” e muitos desses contratos jamais chegarão a ser validados, pois em virtude dos inúmeros erros provocados por estes oportunistas e a falta de registro, a legalidade deles se perdeu no tempo e no espaço.

NA PRÓXIMA SEMANA CONTINUAMOS COM A PUBLICAÇÃO DO CAPITULO IV: AS PERDAS FUNDAMENTAIS DE NOSSA REGIÃO

Marcadores: , ,

28 de março de 2013

“Atos” e Assuntos Religiosos – Parte III


Adilson Pereira - O profeta Miquéias fez um diagnóstico da sociedade de seu tempo. Dois mil e setecentos anos depois, os problemas de hoje parecem os mesmos de outrora.
Os tempos mudaram, mas o coração do homem não. Os problemas que levaram a nação de Judá ao colapso, ainda hoje ameaçam uma pequena civilização à beira da ruína. A classe política violentava os mais pobres, tomando-lhes o que tinham de mais precioso: sua dignidade, em troca de ínfimos favores. Eles faziam suas próprias leis, manipulando-as para que pudessem locupletar-se delas e, ao mesmo tempo, escapar, porque se colocavam acima da legislação por eles mesmos criada. Todo sistema sócio-político-econômico agia em benefício de uma classe política aliada ao mal personificado.
A classe política de Judá se corrompera a tal ponto que Miquéias os chamava de canibais, pois comiam a carne do povo, aborrecendo o bem e amando o mal, agindo de forma draconiana, apenas para que pudessem ostentar seu luxo nababesco. Uma classe política naufragada na imoralidade, capitulada na sedução da riqueza ilícita. Miquéias os acusava de tomar decisões por suborno.
A partir daí, vemos a generalizada decadência da família, da estrutura familiar. As famílias não eram mais redutos de reserva moral, mas verdadeiros campos de batalha. Os filhos desprezavam os pais, que desprezavam as abominações dos filhos, e vice-versa. Maridos e esposas ao invés de serem a contra-cultura numa sociedade decadente, era o espelho dessa sociedade. O mal estava embutido no núcleo mais íntimo da classe política... A família.
Líderes religiosos, “homens de Deus” que deveriam ser como um facho de luz no meio da escuridão da idolatria a Mamon e a Belial, assistiam a tudo de forma vil e degradante aos olhos de Deus. Em vez de eles influenciarem o mundo, o mundo os influenciava, fomentados pelo fermento do lucro. “Homens de Deus” que ensinavam por interesse, com a alma corrompida pela ganância, fazendo-os cair nas teias insidiosas da apostasia.
O carnaval é a maior festa popular do Brasil, talvez do mundo. Nesta festa de extravagância e excessos, muitos saem às ruas usando máscaras. Outros, escondem-se atrás das máscaras da hipocrisia galopante da “teologia do eu próprio”. Outros ainda, revelam-se por meio delas. Máscaras intangíveis, encobrindo seus fantasmas e seus medos. Algumas encobrem o rosto, mas neste caso, tentam disfarçar as atitudes da alma.
De certo modo, todos já usamos uma máscara. Aquele que afirma nunca ter usado uma, acaba por afivelar uma ao próprio rosto, a da mentira. Quando as usamos, os que nos cercam amam quem aparentamos ser, não quem verdadeiramente somos. Mas, elas nunca serão firmes e seguras; por mais que as apertem, caem nas horas mais impróprias, deixando seu usuário em situação de total constrangimento.
A vida cristã é uma contínua remoção de máscaras. Mas, os falsos profetas, “pseudo-homens de Deus”, comparados a sepulcros caiados (limpos por fora, mas cheios de rapina por dentro), são grandes atores que representam um papel diferente daquele desempenhado na vida real. Das duas uma... Ou o dito “homem de Deus” está fora do plano de sua chamada ministerial, ou Deus se enganou(?) redondamente ao chamá-lo para o ministério, quando deveria apenas capacitá-lo para serviços relevantes num setor laico.
Cada um que fique na vocação para a qual foi chamado. Um líder religioso enveredar-se pela política é desvio de função, é perda de função, é não acreditar que Deus tem um projeto. Em síntese, é soberba, é autossuficiência, é entristecer a Deus. E o preço é caríssimo. Basta ver o estado de igrejas cujos pastores decidiram transformá-las em redutos e plataformas eleitorais. É pura decadência espiritual. É perder a noção de distância que deve ser mantida entre o sagrado e o profano. O papel de um pastor deveria ser muito superior a de um agente político, não subserviente a ele.
  Em tempo: Qualquer semelhança com Maricá é mera coincidência!!!

Marcadores: , , ,

Resultados da quarta-feira, Engenhão e novidades da Rede Globo. Confira.


 Por William Amaral

Estrela. O garoto Michael, de 20 anos, brilhou ontem pelo Fluminense. Foram dele os três gols da virada sobre o Macaé. Douglas Assis marcou para os visitantes. Apesar do brilho de Michael, outro fato curioso chamou a atenção no jogo de ontem. Com o jogo definido, o Flu teve um pênalti a favor. A torcida pediu e Rhayner foi para a cobrança. Resultado: bola por cima e 82 jogos sem marcar. A zica já dura dois anos.

Virada. Após um começo ruim, o Flamengo conseguiu virar sobre o Bangu pelo Carioca. Rodolfo e João Paulo, de falta, fizeram os gols rubro-negros no segundo tempo. Pelo Bangu, Sérgio Júnior marcou o gol que inaugurou o placar no início da primeira etapa.

Que fase! O Vasco continua navegando sem rumo. O time empatou ontem com o Olaria por 0 a 0, na estreia do técnico Paulo Autuori. A partida foi sem graça e recheada de cartões amarelos. Éder Luis ainda perdeu um gol incrível que poderia ter dado fim ao jejum de gols do Gigante da Colina. Resultado: quatro jogos sem marcar e classificação para as finais da Taça Rio mais difícil do que nunca.

Adiado. O jogo entre Botafogo e Friburguense, que aconteceria hoje, foi adiado para o dia 10 de Abril, por conta da interdição do Engenhão. O alvinegro acaba prejudicado, uma vez que Seedorf cumprirá suspensão no clássico diante do Vasco, dia 3, em Volta Redonda.

Conserto. A Prefeitura arcará com os custos das obras de reparação do Engenhão. No acordo assinado com o consórcio Odebretch-OAS, que assumiu a construção após a saída da Delta, há uma cláusula que isenta o consórcio de qualquer responsabilidade em caso de erro do projeto, motivo pelo qual o estádio foi interditado.

Coincidência? Após assinar contrato com a 9ine, empresa de marketing esportivo de Ronaldo, Rubens Barrichello foi contratado para ser comentarista da Globo para a Fórmula-1. Com isso, a 9ine terá mais facilidade em sua tarefa de conseguir patrocínios para o piloto, que agora senta em um cockpit da Stock Car.

Coincidência 2? O Fenômeno Ronaldo, que possui suspeitíssimas ligações com a CBF e os preparativos para a Copa-2014, também assinou com a Globo e será comentarista do canal na Copa das Confederações e na Copa do Mundo. Será que o ex-craque criticará Neymar ou Lucas, clientes de sua empresa? É esperar para ver.


Marcadores: ,

Novo hospital ficou só na promessa

Dizem que o povo tem memória curta. Mas pior que é verdade. Por isso, estaremos sempre aqui para fazê-lo lembrar das coisas.

Há quase três anos, no dia 29 de abril de 2011, o Prefeito de Maricá, Washington Quaquá, esteve em Brasília numa reunião com o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Nesse encontro, no qual participara também, à época o então secretário municipal de Saúde Carlos Alberto Malta Carpi, o Ministro Padilha comprometera-se a custear a construção de um novo hospital para o município. Na ocasião, Quaquá  apresentou ao ministro um projeto para tal construção num terreno às margens da RJ 106, ou seja: no terreno do quem sabe um dia, "tchê Guevara".

Desde então, nada aconteceu, a não ser o despejo de uma boa quantidade de aterro no local. Afinal, essa verba saiu, ou não saiu? De qualquer maneira, este ano o povo já sabe: não é o ano do hospital; é o do Carnaval!

Marcadores: , ,

Consolidada a autorização da subvenção com 'showzinho' de vereador

Quem esteve na Câmara Municipal de Maricá nesta quarta-feira para assistir a sessão que sacramentaria a autorização, em 2º turno, para a subvenção no valor de R$ 3 milhões em favor da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, do município de Duque de Caxias, não pôde deixar de assistir a mais uma pantomima estrelada pelos vereadores do prefeito Quaquá.

Durante a sessão, alguns manifestos contrários à matéria foram realizados por determinados cidadãos e cidadãs que empunhavam diversos cartazes. Uma senhora, indiferentemente à votação,  protestava contra a falta de médico cardiologista no hospital, onde sua mãe passava maus bocados. Em meio a todo esse clima, realizou-se o 2º turno da votação, identicamente à realização da do primeiro turno, na segunda-feira. Resultado: 10 X 0 de novo a favor do patrocínio à agremiação carnavalesca de Caxias.

O ponto pitoresco da sessão foi já no finalzinho, quando, sem a mínima compostura, o vereador Adelso Pereira (foto) dirigiu a palavra ao presidente Fabiano Horta, indagando-o se havia ali, na casa, algum fotógrafo oficial naquele momento. Meio que fazendo-se de desentendido, o vereador-presidente quis saber o porquê da pergunta, e aí então, Adelso, vestido numa fisionomia irônica e em tom de deboche, respondeu: "é que eu gostaria de tirar uma foto pra ver essas mesmas pessoas desfilando na avenida ano que vem!"

O público protestou contra a atitude desrespeitosa do vereador e por pouco a sessão não termina bem.

Nota editorial:

Neófito, porém nem tanto assim, o vereador, apesar dos interregnos, impressiona pela pompa! É, com certeza, um grande apedeuta. Lamentável o fato de o mesmo servir a Deus, no mesmo instante em que serve ao Diabo!

Marcadores: , , , , , ,

27 de março de 2013

Maricá está com epidemia de Dengue, segundo a Secretaria Estadual de Saúde

Das 92 cidades do Rio de Janeiro, 42 estão em epidemia de dengue, de acordo com o boletim divulgado nesta terça-feira pela Secretaria de Estado de Saúde. De 1º de janeiro até as 13h do dia 26 de março foram notificados 69.343 casos de dengue, com três mortes, nas cidades de Magé, Volta Redonda e Itaocara. No mesmo período do ano passado, foram anotados 48.361 casos da doença, com 12 mortos.

Entre os critérios considerados para que um município entre em epidemia da doença está o registro de mais de 300 casos por 100 mil habitantes, curva ascendente de transmissão da doença sustentada por três semanas ou mais consecutivas, e com números acima do limite esperado para a localidade num determinado período de tempo.

No ano passado foram notificados 184.123 casos suspeitos de dengue no Estado, com 42 mortes. Na comparação com 2011, apesar do aumento de 9,34% nas notificações, o número de mortos caiu 70% no mesmo período.

O município do Rio de Janeiro, que não apresenta um quadro de epidemia, informou que a maioria dos criadouros do mosquito Aedes aegypti na cidade está em ambiente doméstico: prato do vaso de planta; caixas d’água, cisternas ou tambores usados como reservatórios de água; piscinas não tratadas; fontes ornamentais; calhas, lajes e toldos; e bebedouros de animais, entre outros.

Os dados são do Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti feito pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Coletados no período de 10 a 16 de março, eles mostram ainda que o município registra um média de 2,0% de infestação, o que significa que a cada mil imóveis vistoriados pelos agentes de vigilância de saúde, em 20 foram encontrados criadouros do mosquito transmissor da dengue. A secretaria fez este ano cerca de 1,5 milhão de visitas de inspeção a imóveis, e eliminou 218.540 criadouros do Aedes aegypti.

MUNICÍPIOS COM EPIDEMIA DE DENGUE

* Baixada Litorânea: Araruama, Saquarema, Iguaba Grande, Rio das Ostras, Armação de Búzios, Cabo Frio, Casimiro de Abreu e São Pedro D'Aldeia.

* Centro Sul Fluminense: Paracambi, Sapucaia, Comendador Levy Gasparian, Mendes e Três Rios.

* Médio Paraíba: Valença, Pinheiral, Volta Redonda, Barra do Piraí e Rio das Flores

* Noroeste Fluminense: Cardoso Moreira, Miracema, São José de Ubá, Porciúncula, Natividade, Bom Jesus do Itabapoana e Laje do Muriaé.

* Norte Fluminense: São Fidélis, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Macaé e São Francisco de Itabapoana.

* Região da Baía da Ilha Grande: Angra dos Reis.

* Região Metropolitana I: Magé.

* Região Metropolitana II: Niterói, Rio Bonito, Itaboraí, Silva Jardim, Tanguá, Maricá e São Gonçalo.

* Região Serrana: Cantagalo, São Sebastião do Alto e São José do Vale do Rio Preto.

Com informações: Agência Brasil

Marcadores: , , , , , , , ,

Engenhão é interditado por tempo indeterminado. Estádio, de R$ 380 milhões, foi inaugurado há apenas 6 anos.


Interditado. O Estádio Olímpico João Havelange, mais conhecido como Engenhão, foi interditado pela Prefeitura do Rio ontem à noite sob alegação de falhas estruturais na cobertura do estádio, que poderia desabar e causar um acidente. O Engenhão foi inaugurado há pouco menos de 6 anos e custou aos cofres públicos cerca de R$ 380 milhões. O Botafogo ganhou a concessão do local por 30 anos e hoje é quem administra o estádio.

Imprevisto? Em um vídeo produzido na época da inauguração do Engenhão, os problemas com a estrutura da cobertura já eram destacados. A Delta, construtora investigada por diversas fraudes e bastante ligada ao Governador do Rio, Sérgio Cabral, abandonou a construção do Engenhão antes da cobertura ser erguida. A missão ficou para a Odebretch e a OAS. Vale ressaltar que apesar da Delta ter abandonado a construção do Engenhão, ela entrou no Consórcio que fez as obras do Maracanã, porém também já debandou dessa empreitada.

Por falar em interdição, dos 33 estádios apontados como “casa” dos clubes das séries A e B do Campeonato Carioca, 15 estão interditados e mais 3 correm risco de entrar na lista. Tratam-se do Moça Bonita, em Bangu, do Marrentão, em Duque de Caxias e do Giulite Coutinho, que abriga os jogos do América.

Punição. O contrato entre o Corinthians e a Caixa Econômica Federal prevê que caso o logo da empresa seja ocultado após um gol pelo jogador que o marcar, o clube será punido em R$ 3,1 milhões. No caso de alguém relacionado ao clube falar mal do banco, o contrato poderá ser rompido e o Corinthians obrigado a pagar multa de R$ 31 milhões.

Falando em Corinthians e dinheiro público, até a semana que vem, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, do PT, deve emitir cerca de R$ 135 milhões em títulos municipais, conhecidos como CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento). O incentivo fiscal servirá para dar prosseguimento às obras do Itaquerão, estádio que fará a abertura da Copa-2014. Até junho, a Prefeitura dará mais R$ 350 milhões ao clube.

Sócio-Torcedor. O Flamengo lançou ontem seu programa de sócio-torcedor, com valores que variam de R$ 39,90 a R$ 199,90. Questionado sobre o alto valor dos títulos, o vice-presidente de marketing do clube, Luis Eduardo Baptista, afirmou que em um primeiro momento o clube precisa da ajuda do torcedor e somente no futuro, as condições poderão ser melhores.

Marcadores: ,

Patrocínio à Grande Rio pode ser ilegal

A prática de se omitirem as nomenclaturas das matérias a serem votadas na câmara, tão combatida pelo ex- vereador Claudio Ramos no período legislativo anterior, parece ter voltado, e com força total sob o comando do novo presidente da casa, Fabiano Taques Horta (foto).

"Está em votação o projeto de lei nº tal". É assim que é apresentado ao povo as matérias para votação no plenário da Câmara. E, foi assim que aconteceu, segunda-feira, na sessão legislativa que aprovou em 1º turno, e por unanimidade,  três milhões de reais para o município de Caxias. Os cidadãos que assistiram a sessão só souberam sobre o que havia sido votado depois que a mesma terminou.

Segundo declarações do presidente Fabiano Horta, o que foi posto em votação e aprovado foi uma espécie de convênio; uma subvenção econômica e social para o carnaval do ano que vem onde, segundo suas palavras, a cidade vai ser objeto de exposição.

No entanto, de acordo com o inciso 7º do Capítulo IV da LOM (Lei Orgânica do Município), rege que "o Município não subvencionará nem beneficiará, com isenção ou redução de tributos, taxas, tarifas, ou quaisquer outras vantagens, as entidades dedicadas a atividades educacionais, culturais, hospitalares, sanitárias, esportivas ou recreativas, cujos atos constitutivos e estatutos não disponham expressamente esses fins exclusivamente filantrópicos e não lucrativos, ou que, de forma direta ou indireta, remunerem seus instituidores, diretores, sócios ou mantenedores."

A referida matéria autorizada em 1º turno, volta a plenário hoje para votação em 2º turno. Caso ela seja aprovada, retorna ao executivo para ser sancionada pelo prefeito.

Nota do editor:

Entramos em contato com alguns escritórios de advocacia, os quais solicitamos breve análise e esclarecimentos sobre a questão. Tão logo saibamos os seus pareceres, informaremos aos leitores.


Marcadores: , , , ,

Hoje tem reunião do CMS: gestores querem reverter o voto das contas

O Conselho Municipal de Saúde de Maricá reúne-se nesta quarta-feira (27) às 17 horas na sua própria sede. Segundo informações, o principal motivo dessa reunião é o relatório de gestão 2011 que foi recusado pelo plenário.

Impondo muita pressão, os representantes do governo querem mudar tal decisão já tomada, realizando assim uma nova votação. Entretanto, segundo o regimento interno em seu artigo 68º, o mérito não pode ser discutido. "Qualquer fato que se torne uma resolução, como é a aprovação de contas e relatórios de gestão,  esta, segundo a Lei e o Regimento Interno do CMS, deve ser homologada pelo Presidente do Conselho ou pelo Secretário de Saúde", observou o ex-secretário Claílson Henriques.

Por outro lado, a atual secretária de Saúde, Dra. Janete Valladão, culpa a antiga gestão, na figura do ex-secretário Carlos Alberto Malta Carpi. Neste caso, os problemas são as contas de 2012, cujos relatórios não foram entregues até hoje.

Segundo declarações da secretária Janete, nenhum relatório foi entregue a ela e os dados não existem. Porém, gravitam comentários de que uma simples auditoria revelaria a existência de tal relatório, no entanto a secretária não possui a maioria dos dados e assim não consegue, não pode e provavelmente não quer responder nada pela antiga gestão, apesar de, atualmente, o conselho estar mais representado pela gestão (Governo) do que pelos usuários (povo).  Na cadeira do sindicato, por exemplo, está um representante do Governo.

O CMS-Maricá é constituído por 16 (dezesseis) membros e composto por representantes dos usuários, do governo municipal, dos prestadores de serviços de saúde e dos trabalhadores de saúde. Segundo o ex-secretário Claílson Henriques, a participação do povo nessa reunião é fundamental. A sede do conselho fica na Av. Roberto Silveira, nº 46, 3º andar, no mesmo prédio da loja da 'Taco'.

Marcadores: , , , , ,

26 de março de 2013

Seleção tem péssima atuação, Neymar é criticado, Fórmula 1, reabertura do Maracanã e mais.


 Fraco. O suado empate contra a Rússia comprovou o péssimo momento da seleção brasileira, talvez o pior desde o primeiro título mundial, em 1958. Em um jogo dominado pela seleção russa, o Brasil conseguiu o empate a poucos minutos do fim e teve sorte ao não sair goleado de campo. Marcelo foi o melhor do time, enquanto Neymar e Kaká decepcionaram.

Bieber. Após o empate brasileiro, o jogador inglês Joey Barton criticou Neymar pelo twitter. Ele afirmou que o santista é o Justin Bieber do futebol. No vídeo, uma beleza; ao vivo, um fiasco. Barton ainda disse que o brasileiro está longe de ser comparado a Messi ou Cristiano Ronaldo.

Fórmula 1. No 2º GP do ano, o campeão das últimas três temporadas voltou a sorrir, porém sua equipe, a RBR, não. Vettel ultrapassou seu companheiro, Mark Webber, faltando poucas voltas para o fim da corrida, quando havia sido acordado que os dois poupariam seus carros e manteriam as posições. O desgaste foi grande e as proporções do episódio só serão conhecidas no futuro. Hamilton completou o pódio, enquanto Felipe Massa chegou na quinta colocação, após largar em 2º.

Reabertura. O Maracanã finalmente será reaberto. No dia 27 de Abril, o estádio receberá o jogo festivo entre os Amigos de Ronaldo contra os Amigos de Bebeto. Justamente os dois que se fizeram de garotos-propaganda para os excessivos e cegos gastos com a Copa-2014. O baixinho Romário, severo crítico do que é feito com a verba pública não deverá nem ser convidado.

Prejuízo. Com a provável privatização do Maracanã, os cofres públicos deixarão de arrecadar cerca de R$ 111 milhões nos próximos 35 anos. O estudo feito pela IMX, contratada pelo Governo do Estado apontou também que a empresa que obtiver a concessão do estádio lucrará aproximadamente R$ 1,4 bilhões no mesmo período. Tudo isso sem levar em consideração o gasto com as obras para o Pan-2007 e mais recentemente para a Copa-2014. 

Só no Brasil. Enquanto muitos atletas, alguns até com sucesso olímpico como o ginasta Arthur Zanetti, imploram por melhores condições de trabalho, outros mais afortunados recebem dinheiro para bancar viagens e equipamentos. É o caso do cavaleiro Doda Miranda, casado com a milionária Athina OnassisDoda receberá cerca de R$ 20 mil do Plano Brasil Medalhas 2016.

Marcadores: ,

Fernanda Abreu é a grande atração deste sábado de Aleluia em Maricá

Foto inédita, gentilmente cedida pela artista
Conforme prometido, a grande musa e estrela do samba-funk carioca, a cantora Fernanda Abreu, fechou novo contrato com a Prefeitura de Maricá e, para a satisfação e alegria dos seus milhares de fãs maricaenses, fará um super show, inédito, na Praça Orlando de Barros Pimentel, Centro, no próximo sábado de Aleluia, dia 30, a partir das 22h.

Esta apresentação, por total iniciativa da cantora, é uma compensação pelo fato dela não ter podido se apresentar na cidade durante o carnaval, conforme programado, pois, momentos antes de subir ao palco naquela ocasião, passou mal e teve de ser internada às pressas numa clínica no Rio de Janeiro, onde permaneceu por vários dias.

Através de um contato com a sua produtora, Fernanda Abreu recebeu a visita da nossa equipe e, gentilmente, concedeu uma bela entrevista ao nosso editor Marcelo Bessa, a qual reproduzimos na íntegra aos leitores e fãs da artista, a seguir:

MB/IS - Grande musa e estrela da MPB, Fernanda Abreu! Que grande prazer! Fernanda, conte-nos um pouquinho da sua história: Como foi o início de tudo... , quando foi que você descobriu que tinha talento pra música? Foi desde pequenininha?

Fernanda Abreu - A música sempre foi muito presente na minha casa. Desde pequena. Meus pais chegaram a formar com amigos um grupo amador de samba chamado "A Patota" e meu irmão, Felipe Abreu, é um dos mais conceituados professores de canto e preparador vocal do Brasil. Comecei na musica informalmente, cantando em corais na escola e estudando violão. Depois, 1981, formei com Léo Jaime a banda "Nota Vermelha" e, num desses shows, Márcia, minha dupla nos vocais na Blitz e que era minha vizinha, foi a um desses shows  e me convidou pra formar com ela a dupla nos vocais na Blitz. E a partir daí todo mundo já conhece a historia.

MB/IS - No início dos anos 80, a diversidade cultural e artística no Rio era muito peculiar. Nessa época o Evandro Mesquita fazia parte do grupo teatral 'Asdrúbal Trouxe o Trombone', ao lado de Regina Casé e Luis Fernando Guimarães, com várias apresentações no Parque Lage. Você já o conhecia?

Fernanda Abreu -  Todo mundo conhecia o "Asdrubal" mas onde tive a chance de conhecer todos de perto foi no Circo Voador do Arpoador no verão de 82. O Circo era o centro de cultura e arte jovem no Rio de Janeiro daquele momento. Cada um dos "asdrubals" formaram turmas de teatro, dança, musica e poesia. Eram coletivos de gente jovem talentosa e a fim de fazer cultura naquele período de abertura politica no Brasil. Muita gente bacana e talentosa fez parte desse momento da formação de uma cultura jovem carioca. Vou dar alguns exemplos: Debi Bloch, Andrea Beltrao, Chico Dias no teatro, Chacal, Bernardo Vilhena na poesia, Deborah Colker na dança, Fausto Fawcett, Cazuza, Bebel Gilberto, Leo Jaime, Blitz na musica, pessoal que hoje é a Intrepida Trupe…

MB/IS - Na Blitz você era "backin' vocal". Como, quando e o que te incentivou a seguir carreira solo?

Fernanda Abreu - Quando a Blitz terminou, o Liminha, produtor musical que havia produzido um disco da Blitz chamado "Radioatividade", me deu de presente uma bateria eletrônica e aí então comecei a criar minhas próprias musicas. Logo depois, eu estava no estúdio participando de um disco de Fausto Fawcett produzido por Herbert Vianna que praticamente me intimou a fazer um disco solo. Então, a partir dali, começamos a trabalhar e, em 1990, eu lançava o meu 1º disco solo produzido por Herbert Vianna e Fabio Fonseca.

MB/IS - Qual foi o seu primeiro sucesso como cantora?

Fernanda Abreu - O primeiro disco foi o "SLA Radical Dance Disco Clube", e foi muito bem recebido pela crítica e público, conseguindo  emplacar 2 músicas nas paradas: uma "charminho"chamada "Você pra mim" e a dançante "A noite".

MB/IS - Eu, particularmente, sou seu fã e acompanho o seu trabalho desde a época da Blitz. E, uma das suas músicas que eu mais gosto é justamente o charme "você pra mim". Mas e você, conte um segredo pra gente, qual é a sua música preferida?

Fernanda Abreu - Além de "Você pra mim", que eu adoro, e que significou muito muito porque foi o primeiro single que estourou do meu 1º disco, tem também "Rio 40 graus" que virou emblemática da minha carreira e também pra cidade do Rio de Janeiro. "Veneno da Lata" foi a que me projetou no exterior, onde desde de 95 lanço meus discos, principalmente na Europa.

MB/IS - Legal! Mudando um pouco de assunto, soube que você arrebentou lá no Imperator! Você já havia feito um show lá em 93 e que foi o maior sucesso. Nesse de agora, em que foi comemorado o dia internacional da mulher, foi um showzaço também, né?. Você cantou os seus melhores hits, foi só sucesso. E em Maricá, qual vai ser o repertório?

Fernanda Abreu - Sim! O show do Imperator foi o máximo! E o show de Maricá será também! O set list será praticamente o mesmo.

MB/IS - Tá animada?

Fernanda Abreu -  Tô super! Finalmente vou conseguir tocar pra galera!

MB/IS - É verdade que você tá pensando em preparar um novo CD e montar uma nova turnê?

Fernanda Abreu - Sim. Estou com as novas composições prontas. Agora é captar grana pro CD e pra montagem do show.

MB/IS - Fale para os nossos leitores sobre os músicos da sua banda? Eu soube que só tem fera!

Fernanda Abreu - A minha banda é simplesmente a melhor banda de groove do Brasil :) Thiaguinho e Vanderley Silva, da familia Silva, na batera e percussão, André Carneiro no baixo, Fernando Vidal monstro da guitarra, Donatinho, grande talento dos teclados surgido nos últimos tempos e Flavia Santana, minha backing que acabou de lançar seu primeiro CD solo. São todos feras e trabalham comigo há anos! Minha equipe técnica também é sinistra!

MB/IS - Quer deixar algum recado pros fãs e pra galera de Maricá?

Fernanda Abreu - Quero convidar todos pra celebrarem comigo, no sábado!! Vai ser uma grande festa! 

Marcadores: , , ,

25 de março de 2013

Câmara de Maricá aprova, em 1º turno, patrocínio à Grande Rio

Sem o voto desnecessário do presidente da casa, vereador Fabiano Horta, que optou por não votar, como direito de prerrogativa, a Câmara Municipal aprovou, em primeiro turno, o patrocínio (três milhões de reais) à escola de samba Acadêmicos do Grande Rio.

A sessão teve início por volta das 17h. Unanimemente, conforme previsto, dez vereadores votaram a favor.

Momentos antes, um pequeno grupo de jovens populares realizou uma pacífica manifestação de protesto contra a aprovação da matéria proposta pelo poder executivo.

A votação desta mesma matéria, em segundo e derradeiro turno, deve acontecer na próxima sessão, quarta-feira (27).



Marcadores: , ,

Vereadores devem votar hoje a aprovação da verba para a 'Grande Rio'

A Câmara Municipal de Maricá deve votar na sessão desta segunda-feira (25) a liberação de R$ 3 milhões em favor da escola de samba de Caxias, GRES Acadêmicos do Grande Rio, para que, no próximo Carnaval, a mesma, em seu desfile na Marquês de Sapucaí, apresente um samba-enredo sobre os 200 anos de Maricá.

Segundo informações de bastidores e publicações nas principais redes sociais da internet, a população Maricaense é contrária à aprovação de tal despesa com a referida agremiação carnavalesca. A contrariedade popular tem como justificativa o fato de que esse dinheiro poderia ser utilizado em melhorias na área da Saúde ou em obras de saneamento básico.

Ainda de acordo com informações, alguns grupos já se articulam e prometem realizar uma grande manifestação dentro do próprio plenário da câmara, logo mais, no início da sessão, às 16 horas. No entanto, apesar dessas prováveis manifestações, segundo comentários de especialistas, estima-se que, caso haja a votação, tal verba será aprovada unanimemente pelos onze vereadores.

Marcadores: , ,

Em Itaipuaçu pode acontecer o mesmo que no Fonseca, em Niterói

Assim como aconteceu recentemente no bairro do Fonseca, em Niterói, onde dois prédios financiados pela Caixa Econômica através do programa 'Minha Casa Minha Vida' apresentaram rachaduras e tiveram de ser demolidos, em Itaipuaçu, distrito da cidade de Maricá (RJ), o sonho de milhares de pessoas também pode virar pesadelo.

1472 apartamentos divididos em 184 prédios tipo sobrado estão sendo construídos para famílias de baixa renda dentro de uma área conhecida como Reserva Verde ou, antes, Baixada Itaipuaçu. Tal localidade é, tradicionalmente, alagadiça. Alguns relatos históricos dão conta de que toda aquela área um dia já fora uma enseada; depois virou uma lagoa. Aterrada, acabou se transformando num brejo. Nos tempos dos Beneditinos, tal área era conhecida como "chavascal".

Devido à ganância de políticos ambiciosos e à expansão imobiliária desordenada durante vários mandatos,  hoje em dia há diversas construções em áreas as quais, outrora, eram lagos ou lagoas.

Ao longo dos últimos 30 anos, 4 enchentes de graves proporções deixaram centenas de desabrigados (1983, 1988, 2005 e 2010), sendo que em 88 a população era de 38 mil maricaenses, enquanto que em 2010 já havia 120 mil moradores.

Na enchente de 2010, especificamente nas proximidades do Condomínio Reserva Verde, onde, por sinal, estão sendo construídos os 184 módulos de apartamentos do programa 'Minha Casa Minha Vida', as casas ao redor ficaram submersas. No dia 6 de abril  daquele ano a Prefeitura de Maricá decretou estado de emergência em todo o município.

Segundo informações de técnicos da Comissão de Saúde da Alerj, há décadas Maricá não apresenta sequer um Plano de Contingência para a região. Supõe-se que, técnicos e engenheiros da Caixa Econômica responsáveis pelo empreendimento em Itaipuaçu, bem como os de Niterói, não fizeram estudos adequados. A demolição dos prédios no Fonseca, onde o dinheiro acabou escorrendo pelo ralo, não deixa dúvidas de que esse programa do Governo Federal é um programa criado para beneficiar políticos, e não o povo.

Marcadores: , , , , , ,

24 de março de 2013

Só Botafogo vence em rodada marcada por tropeços dos Grandes

Gol e expulsão estranha marcaram
a partida de Seedorf.

Madureira 1 x 2 Botafogo

O Fogão entrou em campo neste domingo e venceu o Madureira. Jogo foi marcado pela primeira expulsão de Seedorf e por um pênalti marcado e desmarcado.

No primeiro tempo, o Botafogo dominou a partida, porém não conseguia chegar ao gol com clareza. Aos 31, Seedorf deu belo passe para Rafael Marques, que foi derrubado na área. O pênalti foi marcado e a bola já estava na marca pronta para ser chutada pelo holandês, quando o árbitro voltou atrás marcando impedimento do camisa 10 na origem da jogada. Aparentemente, houve uma influência externa no lance, já que no momento da jogada, o bandeira nada assinalou. Aos 42, após falta cobrada por Seedorf, Dória testou para abrir o placar.

Na segunda etapa, o Alvinegro começou melhor, mas o Madureira empatou aos 12, com Jean, após dividida com Jefferson. O Fogão reagiu e, aos 22, Seedorf aproveitou sobra de dividida e marcou seu quinto gol no Campeonato Carioca. No último minuto, André Bahia se aquecia a beira do gramado e entraria no lugar de Cidinho, que se encaminhava para deixar o gramado. O árbitro se confundiu e exigiu que Seedorf deixasse o gramado. O holandês se recusou e foi expulso pelo trapalhão.

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA 1 X 2 BOTAFOGO
Local: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 24/03/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Philip Georg Bennett (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Público e renda: 1.721 pagantes e R$ 37.620,00
Cartões amarelos: Marcelo Mattos, Lucas (BOT)
Cartão Vermelho: Rodrigo (MAD), Seedorf (BOT)
GOLS: Dória 42'/1ºT (0-1), Jean 12'/2ºT (1-1), Seedorf 23'/2ºT (1-2)
MADUREIRA: Márcio; Renan, Leozão (Daniel 37'/2ºT), Fernando e Gabriel; Gilson, Ramon, Chaparro (Jonatan 24'/2ºT) e Rodrigo; Jean e Derlei (Jairo 5'/2ºT) - Técnico: Alexandre Gama.
BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos e Gabriel; Fellype Gabriel, Seedorf e Vitinho (Cidinho 19'/2ºT) (André Bahia 49'/2ºT); Rafael Marques (Bruno Mendes 41'/2ºT) - Técnico: Oswaldo de Oliveira.


Gaúcho foi demitido após a derrota.
Nova Iguaçu 2 x 0 Vasco

Na quarta, o Vasco abriu a 2ª rodada perdendo para o Nova Iguaçu. A derrota causou a demissão do treinador Gaúcho. Autuori já foi contratado.

O Gigante da Colina foi para cima desde o início, mas se descuidava na defesa. As investidas ofensivas do Vascão não davam certo e o time mostrava certa ansiedade por já vir de duas derrotas seguidas. Aos 42, após boa jogada do Nova Iguaçu, a bola ficou com Léo Salino que acerou um lindo chute e abriu o placar.

No segundo tempo, o Vasco foi ainda mais para cima, porém desorganizado, não conseguia boas oportunidades e nas poucas que tinha, não aproveitava. Dessa forma, o jogo foi caminhando, e no fim, Léo Salino, de fora da área, acertou uma bomba no ângulo e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 2 X 0 VASCO
Estádio: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data/hora: 20/03/2013 - 22h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Auxiliares: André Roberto Smith Silveira (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêia Farinha(RJ)
Cartões amarelos: Romário (VAS) e Maycon, Silvestre, Marcelinho, Léo Salino e Silvio (NIG)
Cartões vermelhos: nenhum
GOLS: Léo Salino, aos 42'/1°T (1-0) e aos 41'/2°T (2-0) 
NOVA IGUAÇU: Jeferson; Marcelinho, Leonardo, Silvio e Uallace; Filipe, Léo Salino, Rodrigo Souza (Luan 38'/2ºT), Thiago Corrêia; Glauber (Mossoró 28'/2ºT) e Maycon (Silvestre 22'/2ºT). Técnico: Leonardo Condé.
VASCO: Alessandro, Nei (Elsinho/intervalo), André Ribeiro, Renato Silva e Wendel; Sandro Silva, Pedro Ken (Marlone 28'/2ºT), Dakson e Carlos Alberto; Eder Luis (Bernardo/intervalo) e Romário. Técnico: Gaúcho.


Wagner acertou a trave duas vezes.
Duque de Caxias 0 x 0 Fluminense

Sem Fred, Jean e Cavalieri, que estão na Seleção, o Flu tomou a iniciativa e foi para cima do time da casa. Wagner era o destaque, mas as oportunidades de gol eram raras. O próprio Wagner acertou a trave em cobrança de falta, Wellington Nem também assustou, mas foi só.

No segundo tempo, o time de Abel continuou insistindo, mas nem a entrada de Rhayner na vaga de Edinho resultou em melhores chances. Wagner acertou a trave em chute de fora da área, mas a bola não quis entrar e o jogo caminhou para o fim sem bola na rede.

FICHA TÉCNICA
DUQUE DE CAXIAS 0 X 0 FLUMINENSE
Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data-Hora: 23/03/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha 
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos
Renda e público: R$ 17.605 / 1.288 pagantes / 2.416 presentes 
Cartões amarelos: Dudu, Ségio Raphael e Lucas (DUQ); Diguinho (FLU)
DUQUE DE CAXIAS: Fernando, Iago Santos, Paulão, Sérgio Raphael e Antônio Carlos Ratinho; Dudu, Renan Silva, Lucas e Otávio (Digão); André Gomes (Rafinha) e Charles Chad (João Carlos). 
Técnico:
 Mário Marques
FLUMINENSE: Ricardo Berna, Wallace (Felipe), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho (Rhayner), Diguinho, Wágner e Deco; Wellington Nem e Samuel (Rafael Sóbis)
Técnico: Abel Braga.


Na estreia de Jorginho, o Mengão
não foi bem.
Boavista 0 x 0 Flamengo

Na estreia de Jorginho, o Flamengo apresentou alterações táticas, mudando para o 4-4-2. As mudanças acabaram não dando o resultado esperado pelo treinador. Uma finalização de Ibson foi o principal momento do time no primeiro tempo. Rafinha jogava bem, mas a equipe sentiu o desentrosamento.

Na segunda etapa, o Fla permanecia sem o ímpeto ofensivo necessário para abrir o placar. Jorginho fez alterações, que deixaram o time mais perigoso. Hernane perdeu algumas chances e o jogo terminou zerado.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 0 X 0 FLAMENGO
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 23/03/2013 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Marcos Sivolella do Nascimento (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Público e renda: 4.171 pagantes /R$ 113.650,00
Cartões amarelos: Tony, Léo Faria (BOA); Alex Silva (FLA)
Cartões vermelhos: nenhum
BOAVISTA: Vinicius, Leonardo, Rômulo, Bruno Costa e Romarinho; Douglas Pedroso, Thiaguinho (Leandro Chavez, aos 33'/2°T), Tony e Bruno Tiago (Max Pardalzinho, aos 26/2ºT); Léo Faria (Julio César, aos 13/2°T) e Gilcimar. Técnico: Lucho Nizzo.
FLAMENGO: Felipe, Léo Moura, Alex Silva, Wallace e João Paulo; Amaral, Elias, Ibson (Gabriel, aos 15'/2ºT) e Cleber Santana (Nixon, aos 15'/2ºT); Rafinha e Hernane. Técnico: Jorginho.

Marcadores: ,

Grave acidente matou duas pessoas neste domingo em Maricá

Um grave acidente causou a morte instantânea de duas pessoas na tarde deste domingo (24), altura do km 33 da RJ-106 nas proximidades do bairro de Bom Jardim, em Maricá.

De acordo com informações, o acidente aconteceu por volta das 14 horas quando um caminhão e um carro de passeio colidiram de frente. Os dois motoristas morreram na hora.

Bombeiros do Destacamento de Maricá foram acionados para o local. O motorista do veículo Palio Weekend,  identificado como Enilton Garcia Pereira, de 46 anos, ficou preso nas ferragens e os Bombeiros tiveram de utilizar um equipamento especial para retirar o corpo do veículo.

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) foram acionados para realizar a perícia no local e os corpos dos dois motoristas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Itaboraí .

As pistas ficaram interditadas durante toda a tarde e os motoristas que seguiam rumo ao Rio de Janeiro tiveram que utilizar a RJ-118, via Ponta Negra, Barra de Maricá e Centro, a fim de contornarem o trecho interditado.

Com informações: Lei Seca Maricá

Marcadores:

Deputada solicitou inspeção em hospital de Maricá

O Hospital Municipal Conde Modesto Leal, em Maricá, pode receber, em breve, uma inspeção da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. A deputada estadual Enfermeira Rejane (PC do B) solicitou, na última semana, a visita aos colegas parlamentares, após receber denúncias de aparelhos danificados e ausência de insumos básicos.

Segundo a parlamentar, moradores do município vêm enfrentando dificuldades para conseguir atendimento no hospital, por conta de precárias condições de funcionamento da unidade, e a falta de médicos estaria fazendo ainda com que pacientes tenham que recorrer à UPA de Inoã e de cidades vizinhas, como Niterói e São Gonçalo.

Ainda de acordo com a parlamentar, a população e os profissionais não aguentam mais a situação caótica da unidade. “As denúncias foram encaminhadas pelos próprios médicos, que alegam não ter condições de atender aos pacientes decentemente. Isso não pode continuar”, afirmou a Enfermeira Rejane.

A Prefeitura de Maricá informou que “receberá a comissão, caso a visita seja confirmada, como sempre faz com qualquer instância fiscalizadora, e que prestará todos os esclarecimentos necessários, além de apresentar as ações em andamento para garantir o melhor atendimento possível no hospital municipal”.

Fonte: O São Gonçalo
 

Marcadores: ,

Prefeitura recapeia trecho crítico na avenida 2

Após várias reclamações de moradores do Jardim Atlântico, a avenida 2 em Itaipuaçu, no trecho entre a rua 1 e a rua 4, foi, durante toda a manhã e tarde deste sábado (23), com a ajuda de uma máquina Patrol, recapeada com pó de pedra, em operação realizada pela Secretaria Municipal de Reestruturação Urbana.

Paulo Maurício, ao celular, coordenou
pessoalmente a operação
O trecho em questão, alvo de muitas reclamações, é crítico. Segundo os moradores, quando chove, a avenida se transforma numa autêntica lagoa, tornando-se intransitável.

De acordo com informações do secretário Paulo Maurício, foram utilizados no local cerca de 30 caminhões com material de pó de pedra e a operação continuará a partir desta segunda-feira até a rua das Madressilvas, no Barroco.

Marcadores: , , , , ,

23 de março de 2013

Existem Cieps além daqueles das estradas

Apio Gomes - Ao poeta Luís de Camões peço licença pelo mote, e inspiração para compor estas poucas linhas para apresentar o que foi a ocorrência da primeira eleição geral/posse/gestão pós-ditadura, há 30 anos, no Rio de Janeiro: a nossa Raquel.

Claro que esta história é narrada pelo nosso grupo; portanto suscetível de alguns exageros, algumas alegorias; porque conviver com o sonho político nos faz, vez por outra, tangenciar o cartesianismo – ou o ideal não se sustentaria. Mas, creia, em momento algum fomos subalternos nos textos produzidos: não tentamos fazer de nosso Labão um mito.

Para que os mais jovens entendam a importância do 15 de março de 1983, é preciso ambientar-se o início da década de 60, em que o Brasil florescia como nação: uma arquitetura arrojada; surgia o cinema novo, a bossa nova; no Rio de Janeiro, os cinemas de arte, com debates após filmes de Jean-Luc Godard, Alain Resnais, Pier Paolo Pasolini, Glauber Rocha; nas livrarias sempre se encontrava o último livro do filósofo Jean-Paul Sartre (naquela época, as livrarias não pegavam o nosso dinheiro e entregavam o livro três dias depois – era toma lá, dá cá). Ainda se respirava a fragrância do futebol-arte de Didi, Garrincha e Nilton Santos, comandantes supremos da vitoriosa campanha de 1958, na Suécia.

Mas no nosso calendário existiria um 1964, que, em seu primeiro de abril nos pregou uma peça: o sonho acabou, como na música de Gilberto Gil:

O sonho acabou / Quem não dormiu no sleeping-bag nem sequer sonhou / O sonho acabou hoje, quando o céu / Foi de-manhando, dessolvindo, vindo, vindo / Dissolvendo a noite na boca do dia / O sonho acabou / Dissolvendo a pílula de vida do doutor Ross / Na barriga de Maria / O sonho acabou desmanchando / A trama do doutor Silvana / A transa do doutor Fantástico / E o meu melaço de cana / O sonho acabou transformando / O sangue do cordeiro em água / Derretendo a minha mágoa / Derrubando a minha cama / O sonho acabou / Foi pesado o sono pra quem não sonhou.

Neste curto espaço não dá para comentar o ocorrido naquelas duas décadas; mas o jornal Globo – insuspeito porque era um dos porta-vozes da ditadura – trouxe matérias, nas últimas semanas, sobre tortura de crianças. Dê asas à sua imaginação e multiplique por muito.

Convido-o a ler as seis matérias que compõem este nosso trabalho, em que buscamos, para sua realização, a isenção que se deve ter, embora – acredite! – é muito difícil nos despir do onírico, ao lembrar como foi nossa participação nesta revolução no serviço público do Rio de Janeiro, mesmo atuando em cargos que podem ser considerados menores: as tarefas eram tão imediatas e interligadas que quase não existia diferença de classes.

O inconsciente coletivo do brasileiro diz que político nunca cumpre promessa de campanha. Não sei bem se isto é uma verdade plena; de certeza, somente tenho uma: as duas mais conhecidas de suas marcas de governo, nesta gestão de Brizola, foram propostas em campanha. Com a palavra o próprio:

Combate à violência
“Não. Nós vamos viver a plenitude dos nossos direitos: os direitos civis e os direitos humanos. A polícia, no meu governo, vai ter outra postura: o mais humilde barraco tem o mesmo direito à inviolabilidade que o palácio do rico.
 “A polícia discriminar? A polícia contra as comunidades pobres, contra a favela; derrubar porta com botinaço; ficar dando tiros por aí, como quem solta foguete em festa de São João? Absolutamente, não! A polícia irá cumprir com seu dever, enfrentar os riscos e sacrifícios, mas jamais humilhar, jamais alarmar, jamais agredir o cidadão, a família e a população. Ela tem que se integrar e readquirir a confiança, o apreço e a estima com a população”. 

Ciep
"Esta população não tem culpa de viver na pobreza, na miséria; e ter que fazer essa ginástica incrível para poder sobreviver. Vamos trabalhar juntos para que vocês tenham transporte eficiente; para que se urbanizem as favelas. Revoltar não existe no meu dicionário.“Vamos, sobretudo, criar grandes centros escolares integrados para que as crianças passem lá o dia inteiro: comam de manhã, ao meio-dia e de noite; só vão para casa para dormir. Vão estudar; jogar; fazer lazer, manualidades; passar o dia inteiro na escola, numa vida sã, com assistência médica, assistência dentária”.

http://www.pdt.org.br/index.php/noticias/brizola-ha-30-anos-assumia-no-rio-e-iniciava-revolucao

Marcadores: , ,

Vasco acerta com Autuori e tem treino invadido pela torcida. Sonnen, Adriano e mais.


Novidade. O Vasco acertou a contratação de Paulo Autuori. O treinador, que foi campeão brasileiro pelo Botafogo em 1995, assumirá o Gigante da Colina em meio a uma grave crise financeira e esportiva. Ele estava desempregado desde que voltou do Qatar.

Invasão. Cerca de 30 torcedores do Vasco invadiram o campo de treino do clube nesta sexta-feira para buscar explicações para a má fase do time. Assustados, os jogadores correram para o vestiário. Apesar do temor, não houve agressões. O diretor executivo, René Simões e o meia Carlos Alberto conversaram com os membros da torcida organizada por 45 minutos. Os torcedores saíram pacificamente após o papo.

Intervenção. O Deputado Federal Romário pediu que a FIFA interferisse na CBF, de modo a tirar José Maria Marin do comando da entidade. O Baixinho disse também que seria uma vergonha para o país que na abertura da Copa-2014, a Presidente Dilma Rouseff esteja ao lado de alguém que apoiou a ditadura militar.

Louco? O polêmico lutador Chael Sonnen soltou mais uma: disse que após “destruir Anderson Silva”, irá “atravessar Jon Jones”. Vale lembrar que o americano foi derrotado duas vezes pelo brasileiro. A luta contra Jones acontecerá no dia 27 de abril e vale o cinturão dos meio-pesados do UFC.

Recomeço? O Imperador Adriano voltou a aparecer e dessa vez foi após a confirmação dos dirigentes do Palmeiras de que o jogador havia se oferecido para jogar no clube. Segundo o diretor executivo, José Carlos Brunoro, Adriano afirmou que o Palmeiras é o clube ideal para que ele recomece (mais uma vez) sua carreira. O dirigente afirmou também que o clube tem interesse, caso Adriano se mostre motivado. Dá pra confiar?

Punição. O atacante Luis Fabiano, do São Paulo, foi punido pela Conmebol com suspensão de quatro partidas na Libertadores da América, após ter sido expulso no jogo contra o Arsenal-ARG. O atacante foi expulso após o término da partida por supostamente ter ofendido o árbitro. Ele já cumpriu uma das partidas e não jogará mais na fase de classificação do torneio.

Marcadores: , ,